segunda-feira, 6 de julho de 2015

Capa da Semana: Almanaque da Mônica Nº 10

Nunca havia colocado capas de almanaques nessa seção de "Capa da Semana". Sempre privilegiei as mensais e acabei esquecendo de colocar também de almanaques de vez em quando. Para compensar, nesse mês a cada semana posto uma capa de almanaques e nessa leva vão ser todas da fase da Editora Globo que tinha uma faixa branca à esquerda personalizada com a característica dos personagens, publicadas entre 1987 a 1991, que tornavam muito mais atraentes.

Normalmente capas de almanaques antigos eram com piadas, um desenho bonito ou então do tipo mostrando personagens dentro de estrelas, bolas, pipas, entre outros. Também era muito comum a presença de vários personagens secundários juntos com eles, coisa que raramente acontecia nas mensais, salvo quando a piada envolvia algum secundário ou em edições comemorativas. E nem sempre o secundário que aparecia na capa tinha alguma história no miolo. Para mim, as melhores capas de almanaques eram com presença dos secundários juntos com os personagens, com piada ou não. E de preferência de quem aparecia na capa tivesse história no almanaque.

Nessa semana, eu compartilho, então, uma capa em que a Mônica está com conversando sem parar no orelhão, formando uma enorme fila por causa dela e todos cansados de ficar esperando a Mônica parar de falar. E "ai" de alguém interromper a conversa dela e reclamar que está demorando. Muito boa. Destaque na faixa na lateral nos almanaques da Mônica era sempre estampada com coelhinhos em várias posições, bem a cara da Mônica.

A capa dessa semana é de 'Almanaque da Mônica Nº 10' (Ed. Globo, Janeiro/ 1989).


29 comentários:

  1. Tenho esse almanaque. Capa bem legal. Pena que hoje em dia a molecada nem sabe o que e um orelhão e pode não entender essa situação.
    Boa semana!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até podem saber o que é orelhão, mas não usam e aí não vivenciam essa situação. É uma piada datada sem dúvida.

      Valeu! Boa semana pra vc tbm.

      Excluir
    2. Eu sei o que é um orelhão,mas como o Fabiano do SH(Socializando HQ),eu não uso.E uma coisa,a Mônica podia ter usado um telefone pra falar com as amigas dela,mas,pro desespero de todos,ela foi num orelhão!Não sei se tinha gente nos anos 80 ou 90,se usavam os orelhões pra conversar mesmo,pois,minha mãe usava eles pra falar que tava chegando em casa.E bela capa,Engraçada.Notem que meus comentários,eu sempre tento não errar a acentuação e pontuação.

      Excluir
    3. É q na época tinha gente q não tinha telefone fixo em casa e não existia celular, aí só tinha orelhão pra falar mesmo. Eu mesmo não tinha telefone naquela época. Aí fizeram essa piada na capa pra fazer uma crítica com as pessoas q falavam muito no orelhão, coisa q acontecia muito na vida real.

      Excluir
    4. O Marcos explicou aí.... na época do orelhão não tinha muitos celulares como hoje em dia. Telefone fixo era coisa pra rico pois pagava-se prestações inúmeras. O jeito era ir a um local onde tinha um orelhão, comprava-se uma fichinha redonda num bar ou banca e colocava no orelhão. Depois os orelhões passaram a ser via cartão e aí, sim, as conversas demoravam!! rsrsrs.... Não tenho saudades! ahahahahah!

      Excluir
    5. kkkk... isso aí. E levando em conta a piada aí com quantas fichas a Mônica colocou pra conversar tanto rsrs. Pelo jeito terminava a ficha e colocava outra e continuava falando sem importar com os outros da fila.

      Excluir
  2. Isso me lembra uma HQ beeeem antiga que li, daquelas especiais que são distribuidas gratuitamente, em que a Turminha ensina os leitores a utilizar o orelhão, uma novidade da época.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que a HQ que você se refere não é a HQ O O Orelhão?

      Se você não sabe, essa HQ foi originalmente publicada na Mônica # 100, de 1978, que de edição comemorativa especial, não tinha nada de especial! Só a capa que era especial. Conhece essa edição?

      Aí, dez anos depois, em 1988, foi lançado um gibi promocional chamado de O Orelhão, que republicou essa HQ. Isso é uma prova de que não são apenas os almanaques e os almanacões que republicam as histórias, mas também não sei se esse foi o único gibi promocional que republicou uma história, já que os outros gibis promocionais só tinham HQs inéditas.

      Bem, espero que você tenha aprendido a história. Abraços!!

      Excluir
    2. Sim, eu acho que foi uma dessas mesmo. Mas não sabia que era republicação.
      Obrigada pela informação :D

      Excluir
    3. Essa mesma q o Daniel falou. Só uma correção q fizeram uma revista especial republicando essa hq aí em 1979 e depois em 1988 republicaram essa revista só mudando a capa para os padrões dos anos 80, mas com o mesmo conteúdo original.

      Excluir
  3. Respostas
    1. E muito engraçada! Você já imaginou quanto tempo a Mônica ficou no orelhão? Aposto que foi por horas e mais horas!

      E posso até imaginar a cara de raiva dela de quem interrompesse a conversa e reclamar que tava demorando muito. Com certeza, se alguém falasse isso (no caso, o próprio Cebolinha), ia coelhada na cara e muita treta - o mesmo que luta, caso você não saiba - até o pau quebrar!!!

      E então, o que você acha? Não ia ser assim que podia acontecer?

      Abraços!!!

      Excluir
    2. Com certeza ela ia dar coelhada se alguém interrompesse, principalmente os meninos. Nessa capa gosto da cara do Cebolinha olhando para o relógio e também do Jotalhão quase dormindo de tanto esperar rs

      Excluir
  4. Você pretende colocar capas do Pelezinho também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho algumas do Pelezinho e como a Coleção Histórica dele não saiu mais, pode ser q poste um dia.

      Excluir
  5. Nossa!!! Que capa, hein, Marcos? Posso até imaginar o tempão que a Mônica ficou falando no orelhão! Duvido que foi uma eternidade! Tinha que ser a Mônica mesmo!

    Já que o assunto é capas de almanaques, as capas que eu sempre gostei era aquelas com presença dos secundários. Foi por causa desse tipo de capa que eu sempre comprei almanaques da turma durante toda a minha infância. Talvez seja pra chamar a atenção.

    E como esse é o Almanaque da Mônica # 10, você poderia falar de algumas HQs dele. Como, por exemplo, a HQ A Turma do Sansão, publicada originalmente em Mônica # 147, de 1982, que abre o almanaque. Só que tem um problema: Eu nunca li essa história antes, então, eu tenho toda certeza de que o Sansão no título não tem nada a ver com o coelhinho Sansão, porque o coelhinho só iria ter o nome de Sansão em 1983, segunda a HQ Sansão! É o Nome do Meu Coelhinho, de Mônica # 161.

    Me corrija se eu estiver errado: O Sansão dessa história é o Sansão do Sansão e Dalila. Certo?

    E o enredo, eu imagino que seja assim: A Mônica dá de cara com o Sansão, e ele diz a ela que ninguém pode ser mais forte do que ela, então ele convida a Mônica pra batalhar, e quem vencesse a partida, seria o mais forte do mundo.

    Bem, eu acho que o enredo dessa HQ talvez seja esse, mas se eu tiver dito alguma coisa errada, corrija as partes que eu errei e me passa o verdadeiro enredo.

    Outra HQ que você podia falar é Mônica no Cofre, HQ de abertura de Mônica # 138, de 1981, que é a HQ que encerra esse almanaque.

    Assim como A Turma do Sansão, nunca li essa história, mas eu acredito que deve ser semelhante á HQ Mônica no Caixão, de Mônica # 105, de 1979, e republicada no Almanaque da Mônica # 35, de 1993. Conhece essa HQ do caixão?

    Enquanto em Mônica no Caixão, a Mônica ficava dentro de um caixão (eu acho que a HQ é assim), acho que em Mônica no Cofre, a Mônica ficava dentro de um cofre cheio de dinheiro. Agora entendi porque na capa original de 1981, estava escrito "Uma História Milionária!".

    Pra terminar, óbvio que eu não vou te perguntar se você conhece essas histórias, pois como você mostrou a capa do almanaque, tá na cara que você as conhece! Eu só quero saber se o enredo de cada uma das histórias são exatamente esses aí que eu citei.

    Então, aguardo sua resposta e espero que você fale, um dia, dessas HQ aqui no Blog.

    Abraços e tenha um bom dia pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm gostava das capas dos almanaques com presença dos secundários. Era muito bacana.

      A Hq "Turma do Sansão" é muito legal, mas o enredo é completamente diferente desse q vc citou. Já a Mônica no cofre o enredo é esse sim e conheço a Mônica no caixão. Quando der, falo dela aqui, assim como as outras q vc citou.

      Um bom dia. Abraços

      Excluir
  6. Esse almanaque foi um dos primeiros gibis que tive e é um dos meus favoritos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu tbm foi um dos primeiros. Histórias maravilhosas dos anos 70 e início dos 80, muito bom.

      Excluir
  7. Marcos, quando é que foi republicada Uma Superprodução Para O Bidu, de Mônica N 01 da Globo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, sobre a HQ Uma Superprodução para o Bidu, ela foi republicada na Panini, pelo Almanaque da Mônica n° 17, de 2009, mas eu não sei se ela já foi republicada na Globo. Mas é capaz do Marcos saber, já que ele sabe mais que eu.

      Espero que eu tenha te ajudado mais ou menos. Abraços!!!

      Excluir
    2. Na Globo, foi em algum almanaque de 1992 ou 1993, não sei de cabeça agora. Não passa de 1993. E re-republicaram na Panini nesse aí q o Daniel falou.

      Excluir
    3. Valeu Daniel, a culpa foi minha pois não me referi a editora e eu queria saber da ed. Globo, mas foi ótimo saber (tomara que a MSP pare com essas tosquices)

      Excluir
    4. E Valeu Marcos, provavelmente foi na faixas dos 30º que foi republicada.

      Excluir
    5. Foi nessa faixa mesmo. Quando der, procuro e informo aqui qual almanaque foi.

      Excluir
  8. Muito legal..assa iniciativa dos ALMANAQUES, Marcos...e essa EU tenho em minha coleção!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Xandro! Legal q vc tem esse na sua coleção. Um ótimo almanaque.

      Excluir