sábado, 12 de novembro de 2016

Histórias semelhantes 1: Telefone ocupado

Além das capas semelhantes, a MSP fez também algumas histórias semelhantes ao longo da sua trajetória. Afinal, em mais de 46 anos de gibis regulares, é normal que tenham histórias iguais. Com isso, vou passar a mostrar aqui no Blog algumas dessas histórias semelhantes para comparar a diferença entre elas.

Histórias assim costumam ser com mesmo roteiro, mas às vezes mudando personagens, ambientes e detalhes, ou então, pegam um tema central e fazem adaptações. Normalmente são histórias mais curtas de 1 ou 2 páginas, até tirinhas também, mas já aconteceram também com histórias mais longas. Pode acontecer por mera coincidência, ou até o roteirista desejar fazer uma releitura mais moderna, sendo cada uma um caso.

Nessa postagem, mostro 2 histórias que envolveram telefone ocupado, dando muita confusão entre os personagens, sendo que na 1ª versão os personagens envolvidos foram Mônica e Cebolinha, já a 2ª versão foi com Titi e Aninha. A versão original foi publicada em 'Mônica Nº 45' (Ed. Abril, 1974) enquanto que a 2ª versão foi publicada em 'Mônica Nº 55' (Ed. Globo, 1991). 

Capas: 'Mônica Nº 45' (Ed. Abril, 1974) e 'Mônica Nº 55' (Ed. Globo, 1991)

O enredo é semelhante, os personagens resolvem telefonar um para o outro na mesma hora e o telefone fica ocupado por isso, deixando irritados.Na versão de 1974, com o título "Xiii, ocupado!" e 3 páginas. Nela, Mônica e Cebolinha telefonam ao mesmo tempo para dar um recado um para o outro. Logicamente, a linha não completa e dá ocupado. Aí, eles dão um tempo e tentam telefonar de novo, mas coincide ser ao mesmo tempo e dá linha ocupada. 

Trecho da HQ "Xiii... ocupado!" ('Mônica Nº 45 ' - Ed. Abril, 1974)

Eles ficam irritado e resolvem ir pessoalmente para casa do outro. Vão ao mesmo tempo e não se encontram. A mãe da Mônica e o pai do Cebolinha falam que seus filhos sairam e pergunta se querem recado e cada um fala pra telefonar para o outro. Quando chegam em casa, ao mesmo tempo, os pais avisam que era para telefonarem para o amigo e quando eles ligam, novamente ao mesmo tempo, o telefone dá ocupado de novo, terminando assim.

Trecho da HQ "Xiii... ocupado!" ('Mônica Nº 45 ' - Ed. Abril, 1974)

Já na versão de 1991, com o título "Só dá ocupado" e 4 páginas, Titi e Aninha telefonam um para o outro ao mesmo tempo para namorarem por telefone por estarem com saudades e deu ocupado. então, esperam e ligam novamente depois ao mesmo tempo, dando ocupado de novo. Eles vão á casa do outro, só que um muro impede que eles se esbarrem no caminho. 

Trecho da HQ "Só dá ocupado!" ('Mônica Nº 55 ' - Ed. Globo, 1991)

Quando chegam, a mãe da Aninha e o pai do Titi avisam que não estão e se querem dar algum recado e eles falam para telefonar. No caminho não se esbarram de novo por atravessarem lados diferentes do muro, chegam em casa e seus pais avisam para telefonar um para o outro. Eles telefonam ao mesmo tempo de novo e dá ocupado, terminando assim.

Trecho da HQ "Só dá ocupado!" ('Mônica Nº 55 ' - Ed. Globo, 1991)

Comparando as 2 versões, pode ver que a essência das histórias foi a mesma, diálogos bem parecidos, só mudando os personagens centrais. Inseriram detalhes como o motivo dos personagens ligarem um para o outro (Mônica e Cebolinha queriam dar um recado um ao outro em 1974 e Aninha e Titi queriam namorar pra matar saudade em 1991), além do muro em 1991 que impediram os personagens de se encontrar na rua. De resto tudo igual, até mantiveram um telefone azul para o menino e também um pai do menino e mãe da menina interagindo com eles. Então, vimos a mãe da Aninha, tão rara aparecer nos gibis a sua família.

Comparação das histórias de 1974 e 1991

Tudo indica que o roteirista quis fazer uma homenagem à história que leu antes. Ou seja, ele leu a história de 1974 e quis fazer uma releitura em 1991, aproveitando os casais Titi e Aninha. Até porque os diálogos e situações são bem parecidas.Enfim, histórias muito interessantes, gostei mais da versão com Titi e Aninha, principalmente por causa do detalhe do muro. Cada um vai ter a sua versão preferida. Em breve mostro outras histórias semelhantes aqui no Blog.

28 comentários:

  1. Marcos, eu amo o seu blogue. É são postagens assim que me faz adorar cada vez mais. Lembra que no número 1 do Cascao (nova edição da Panini) teve a história do tubarão? Disseram que há outra hq bem semelhante. Se um dia conseguir material, faça uma postagem dela, por favor.
    Ah! Eu tenho essa já da Mônica em um almanaque. Bons tempos da Mônica impaciente.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E essa revista da Mônica de capa verde eu tenho aqui. Maravilhosa. Guardo com muito carinho.

      Excluir
    2. Obrigado, Fabiano! Se eu encontrar e ver que são semelhantes eu posto. A história da Mônica 45 eu tenho a reedição pela Coleção Histórica 45. Já a Mônica 55 eu tenho o gibi, muito bom mesmo.

      Abraço

      Excluir
  2. Eu também já vi histórias semelhantes assim, uma envolvendo o franjinha e outra com o Chico Bento. Quando eu as achar eu te falo. Adorei a postagem, ficou excelente, parabéns Marcos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa eu não conheço. Se achar essas e outras semelhantes pode dizer também.Obrigado por ter gostado. :D

      Excluir
  3. Também teve outra bem semelhante a essas duas que foi publicada no Almanacão Turma da Mônica Nº1, que eu tenho. A história é com a Mônica e o Cebolinha de novo, tem três páginas e se chama "Desencontros". Só não sei onde foi publicada originalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem interessante, vou procurar aqui quem nem lembro mais dessa. No caso, sendo do Almanacão Turma da Mônica Nº 1 da Globo, ela foi inédita até então porque aquele Almanacão só teve histórias inéditas.

      Excluir
  4. Gostei de ver, Marcos, seguiu uma sugestão minha, criar tópicos de histórias semelhantes!!

    De sugestão fica aquela que eu já mencionei do Cebolinha 124 da globo que ele fica com o cabelo enorme e ela foi praticamente reeditada no Cebolinha 140 da globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, volta e meia pediam pra eu fazer. Bem lembrado dessas do Cebolinha. Valeu pela sugestão.

      Excluir
  5. me lembra os remakes do chaves, que as vezes mudavam os personagens e então tinham que mudar também alguns detalhes, aliás eu já li a versão com titi e aninha em um almanaque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, no Chaves muitos episódios tiveram remakes, principalmente quando o Quico e Seu Madruga sairam do programa, refazendo episódios sem eles. Normalmente com Nhonho no lugar do Quico e a Dona Neves, bisavó da Chiquinha, no lugar do Seu Madruga.

      Excluir
    2. ja usaram todos os adultos do chaves no lugar do seu madruga e todas as crianças no lugar do kiko, mas esses foram os principais mesmo

      Excluir
    3. Verdade, sempre variavam de acordo com o enredo do episódio, porém os mais comuns era assim.

      Excluir
  6. Desculpe, mas eu acho mais rídiculo a minha reação de admirar que a 2ª versão me surpreendeu por ter um muro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve tá falando do muro de tábua. Quando eu era criança, passava batido. Hoje em dia Eu me pergunto como podem fazer um muro de tábua que não começa e nem termina em lugar nenhum. Éramos muito inocentes.

      Excluir
    2. O muro foi um diferencial entre as 2 versões, mas não foi só por causa dele que gostei mais da 2ª versão. Gostei também que a história se encaixou mais com Titi e Aninha, fora os traços.

      Excluir
  7. Falando nisso, eu lembro duma história onde a Mônica e o Cebolinha tavam cada um de um lado de um muro, e o muro tinha um prego.

    Cada hora, um empurrava o prego pro lado do outro, sem saber a causa do prego voltar pro lugar. Então, a Mônica desistiu e quebrou a parede com o tijolo, e então do outro lado, aparecia o Cebolinha atingido pelo pedaço da parede e dizendo pro Cascão "Não me peLgunte o que aconteceu, Cascão. Só sei que ouvi um "Iáááá"."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal! Já vi essa história em algum gibi. :D

      Excluir
  8. É! Não foram só Chaves e Trapalhões que tiveram histórias semelhantes! Turma da Mônica também! Lembro que até comentei outro dia com você sobre a história do pó de pirlimpimpim, que eu tenho as duas versões, no gibi de 94 e outro de 96, que a segunda modificava pra ser uma história de Natal! Há também que o Cebolinha quer brincar com o pai dele que chega cansado do trabalho. Vi ela duas vezes mas de forma diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado! Essa do pó de pirlimpimpim virou até desenho

      Excluir
    2. Verdade, eu lembro dessa do pó de pirlimpimpim. Já do Seu Cebola não.

      Excluir
    3. Eu tenho num almanaque e num gibi comum!

      Excluir
    4. Se eu encontrar eu vejo. Capaz de eu ter visto uma só versão.

      Excluir
  9. Eu tenho a capa de 1991 !!! Comprei no sebo anteontem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Show! Fez uma ótima compra. Muito bom esse gibi. :D

      Excluir
  10. É sério mesmo que o cara se inspirou numa história pra escrever outra ou você tá falando,inventando?

    ResponderExcluir
  11. Não sei porque mas dá uma nostalgia,coisa boa ver essa fase 90 da turma da MÔnica,será que devo ter acompanhado na minha infância,hum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma suposição, pode ter sido do roteirista ter lido a primeira versão e quis fazer uma releitura.

      Excluir