domingo, 25 de maio de 2014

Capa da Semana: Magali Nº 53

A Magali é capaz de tudo para comer. Até escalar uma alta montanha no frio só para pegar o ovo da urubu para fazer ovo frito. 

É uma capa muito bem feita, só que politicamente incorreta, pois, além do maltrato de tirar o filhote da mãe urubu, mostrar criança escalando montanha sozinha  também mau exemplo para os gibis atuais.

A capa dessa semana é de 'Magali Nº 53' (Ed. Globo, Junho/ 1991).


34 comentários:

  1. A fase boa da Magali.... só uma curiosidade pessoal: isso aí parece tudo, menos um ninho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, do tempo q Magali era Magali. Verdade, esse ninho ficou estranho, parece minhocas rsrs.... mas isso é o de menos. A piada é boa.

      Excluir
  2. Isso me lembrou uma história em que a Magali escalava um armário pra pegar um pote de biscoitos XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem lembro dessa hq, mas já vi ela fazendo tudo pra pegar pote de biscoito no alto do armário.

      Excluir
    2. E tinha uma capa da magali de 1999 que mostrava exatamente isso, é da numero 262 se não me engano.

      E tinha também outra do mesmo ano que mostrava a Magali com babador e tudo, esperando a galinha botar um ovo pra já cair dentro da frigideira, mais politicamente incorreto, impossivel.

      é a edição numero 272 da Magali.

      Excluir
    3. É uma capa mesmo..eu tenho o gibi!! xD

      Excluir
    4. Eu vi essa capa da 262, muito maneira mesmo. :)

      Já a da 272 da galinha foi um remake, pois a mesma ideia aconteceu na nº 97, de 1993. As famosas capas semelhantes. mesmo assim muito boa.

      Excluir
    5. Pedro, o nome dessa historinha não é "Mentira de perna curta"? (algo assim)

      Excluir
  3. sinceramente, precisava dizer "ai, essa capa não pode mais por que é politicamente incorreto"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi só um comentário, q alguem ia comentar depois sem dúvida.

      Excluir
  4. Bela capa, bem estilo anos 90, repare a colorização no fundo.
    Acho que os gibis no qual as capas tem cenários detalhados são os almanaques, principalmente o de férias.
    Não sei como a Magali não imaginou um prato de macarrão também por causa desse ninho XD
    Falando na gulosa aí...
    Outra coisa que acabei de me lembrar: já li que a Tia Nena é mãe do Astronalta, ou a mãe do astro é inspirada na Nena? Algumas vezes eu fico pensando nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre cenários detalhados, depende da edição, mas no geral os almanaques da época eram mais detalhados, sim, mas não regra. Até pq costumavam aparecer personagens de vários núcleos nelas.

      Sim, o ninho ficou meio estranho, talvez não pensou pq viu q não era comestível.

      Sobre a mãe do Astronauta, ela e a Tia Nena são bem semelhantes nos traços. Quando criaram a Tia Nena, talvez nem lembraram q a mãe do Astronauta já era parecida. Só q elas não são as mesma pessoa e nem são parentes. Apenas se parecem e considero um erro de criação.

      Excluir
    2. Me lembro de uma hq em que a Nena citava um sobrinho chamado Tatá.
      Mas acho que realmente não poderia ser,se bem sei a familia do Astronalta mora bem longe do bairro do limoeiro.

      Excluir
    3. Elas não são a mesma pessoa, a mãe do Astronauta mora em um sítio bem longe do Limoeiro. Apenas os desenhos delas são bem parecidos.

      Excluir
    4. Calma! Foi só suposições,pensamentos...

      Excluir
    5. Sim, entendi. Não fiquei brabo, não rsrs

      Excluir
    6. Ah tá pensei. Que bom :)

      Excluir
  5. E a mae urubu so olhando kkkkkkkk , bem engraçada , gráficos perfeitos e colorização ótima , sera que deu certo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma capa perfeita sim. Tudo agrada nela. Agora se deu certo o plano dela aí só na imaginação do leitor.

      Excluir
  6. kkk..muito boa a piada..deu vontade de comer ovo agora! :p rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk... a dica é não ler um gibi da Magali com fome.

      Excluir
  7. Ovo de urubu... éca... mas é a Magali né.
    É tipo a capa de Cascão nº 58 da Globo... não pode relacionar nada a comida que já começa a salivar, hehehe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. è um Abutre ou Águia careca americana não? rsrs

      Excluir
    2. Verdade Nanda, é só lembrar comida q a Magali já fica de olho rsrs,

      Excluir
    3. Xandro até pode ser, principalmente um abutre, mas eles desenhavam urubus dessa forma. De qualquer forma tudo é ave rsrs

      Excluir
  8. É uma capa muito legal, adoro capas com piadinhas. A história de abertura desse gibi, a do homem do saco, também é ótima.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm gosto dessa hq... foi bem caprichada

      Excluir
  9. Nossa, o que será que esse urubu está pensando disso? A Magali faz de tudo para conseguir uma comida, sendo capaz até de comer o próprio urubu. Nesse caso, só o ovo já estava bom demais....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ela era capaz de comer o próprio urubu rsrs... por ora foi só o ovo, mas se bobeasse...

      Excluir
    2. E se fosse um Avestruz?

      Excluir
    3. Seria um ovo maior ainda rsrs

      Excluir
  10. Marcos, fala sério! Ovo de urubu? Pior mesmo seria de avestruz, aí quero ver se a Magali aguenta essa.

    Mas dentro da edição, tem a marcante e clássica HQ O Saco Sem Fundo. É sobre a terrível lenda do Homem do Saco. Nela, como Magali desobedece sua mãe e faz ataque de perereca (ou malcriação), o Homem do Saco rapta-a, pelo fato dele raptar crianças malcriadas. Mas não foi só a Magali não, a turma toda também, até outras crianças malcriadas que só apareceram nesta HQ. Mas pelo menos, ela tem um final feliz. Realmente, é uma HQ tão emocionante, mas tão emocionante mesmo que dá até vontade de chorar.

    Sinceramente, eu nem conhecia a HQ até então, mas vi pela primeira vez na Internet mesmo. E queria saber se você conhece a HQ e falar se ela já foi republicada alguma vez. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço a hq "Saco sem fundo". Só q não acho emocionante, pelo contrário: acho engraçada.

      Foi republicada 2 vezes: Coleção um Tema Só # 39 - Magali Fábulas (Ed. Globo, 2003) e Almanaque Temático # 27 - Magali Fábulas (Ed. Panini, 2013).

      Excluir