domingo, 15 de dezembro de 2013

Capa da Semana: Cebolinha Nº 12

A capa que eu compartilho é do Cebolinha recebendo um presente de grego do Papai Noel. E ele ainda ri da cara do Cebolinha. Muito engraçada..

A capa dessa semana é de 'Cebolinha Nº 12' (Ed. Globo, Dezembro/ 1987).


20 comentários:

  1. Tadinho do Cebolinha kkkkkkk Adoro piadas com o cabelo dele! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Natália... as piadas com cabelo dele são muito boas, como essa. bjs

      Excluir
  2. Hoje em dia isso nem pensar blá blá blá. Papai noel praticando bullyng deixa o povo do politicamente correto de cabelo em pé. Afs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bullying nem pensar, ainda mais vindo do Papai Noel. É cada coisa...

      Excluir
  3. AHAHAHAHA
    ótima capa!
    papai noel trollando o cebolinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito boa mesma, como ele sofre.... adoro essa capa

      Excluir
  4. kkkkkkkkkkkkk, tadinhoooooo!!
    Bah, não lembro desse gibi, não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk.... muito engraçada.

      Até pensava q vc tinha esse gibi, é muito bom tbm, como a maioria da época.

      Excluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkk... A "troll face" do Papai Noel é que é hilária!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q Papai Noel sacana rsrs... capa perfeita.

      Excluir
  6. Kkkkk, ótima capa. Saudades de quando as capas tinham piadas, eram muito boas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, até piadas de Natal faziam. Ótimos tempos.

      Excluir
  7. Olá Marcos, como não encontrei no blog um espaço para mandar uma mensagem direto pra você, sem precisar comentar uma postagem, resolvi escrever na tag Cebolinha na postagem mais atual. Não sei se você aceita, mas gostaria de sugerir uma postagem. Gostaria que você falasse um pouco sobre o gibi Cebolinha n.83 ed. Abril.é que consegui comprar um exemplar desse gibi em excelente estado de conservação e gostei bastante dele. Apesar de hoje termos acesso a CHTM não se compara ler um gibi original como esse, os traços, as historias, as propagandas da época, que infelismente eles retiraram da CHTM e gostaria de destacar aqui o que mais me chamou a atenção: As cores! incrível como o tratamento gráfico dado a CHTM deixa diferente as revistas, em minha opinião mesmo com os erros de impressão da época, os gibis originais apresentam um certo ar vintage sei lá, fica mais legal, dá mais gosto de ler. Bom sei que ainda esta longe da CHTM chegar no numero 83, mas já estou ansioso para comparar... hehe. Não sei se será possível, mas se puder comentar um pouco ficarei grato. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm prefiro as cores dos gibis antigos do q na CHTM. Os erros davam um charme a mais pq era tudo feito a mão. Prefiro as originais.

      Vc teve sorte q eu tenho esse gibi do Cebolinha 83. Se der, eu falo algo dele, alguma hq.

      Abraço

      Excluir
  8. Pô, hein, Marcos! Mó legal e engraçada essa capa. Gostei muito da cara do Papai Noel Troll e do Cebolinha bravo por ter ganho um pente. Esse Papai Noel foi bem safado, né?

    Aliás, esse Cebolinha # 12 abre com a clássica história Um Sucesso no Natal. Nela, o vilão mais pedófilo da MSP, o Bala, rapta o Cebolinha em pleno Natal, porque ele achou que o Cebola iria roubar o seu mais novo projeto: Capacetes que tinham formato do cabelo do Cebolinha. Então, o seu ajudante Juca, Mônica e Cascão irão resgatá-lo.

    Realmente, eu considero essa história clássica. O vilão Bala, enredo, roteiros e os traços são muito bem feitos. Eu inclusive a conheci quando foi republicada no Mônica Natal # 6, de 2003.

    Mas você sabe se ela já foi republicada antes? Eu quis dizer se ela foi republicada nos anos 90. E quando chegar a época do Natal, tomara que você fale dessa história, é muito boa!

    Aliás, diga se ela é impublicável, porque achei o Bala um vilão pedófilo. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela foi republicada primeiro no Mônica Natal # 2, de 1996. Ela é incorreta, mas acho q republicam sim, pq eles sempre republicam as mesmas hqs nesses especiais de Natal

      Excluir