segunda-feira, 1 de julho de 2013

Chico Bento: HQ "Aniversário na escola"

O dia 01º de julho é oficialmente o aniversário do Chico Bento. Em homenagem a data, compartilho uma história muito engraçada de quando o Chico fez plano infalível para poder comemorar seu aniversário na escola. Tem 13 páginas e foi publicada originalmente em Chico Bento nº 220 (Ed. Globo, 1995).


A trama começa contando o que aconteceu em 1994, um ano antes de passar a história. É mostrado que vários amiguinhos do chico comemoravam aniversário levando um bolo para a escola. Quando chega o dia do aniversário do Chico, ele pede para mãe fazer um bolo para levar também, mas quando chega descobre que não tinha ninguém na escola. É que o último dia de aula era no dia 30 de junho e a partir do dia 01º de julho todos entravam de férias, bem no dia do seu aniversário.

Chico fica arrasado, já que não contava com essa. A mãe até estava tentando avisá-lo, mas ele estava tão entusiasmado de levar bolo para escola que não deixava ela contar. E não queria comemorar no dia 30 de junho.


Então, chegando em 1995, um ano depois do ocorrido, os seus amigos já começam a levar bolo para comemorar aniversário na escola. Sendo que, por volta do dia 15 de junho, a professora Marocas dá um aviso à turma que estão com nota baixa e eles têm que fazer um trabalho de História para aumentar a média, e quem não atingir a média ficará em recuperação paralela no mês de julho inteiro.


Por causa disso, Chico prepara um plano infalível para poder comemorar seu aniversário na escola no dia 01º de julho. O plano é roubar os trabalhos dos seus amigos durante a madrugada do dia da entrega para que todos fiquem em recuperação e tenham que ir à escola no dia do seu aniversário.


Então, por duas semanas, enquanto os alunos faziam os seus trabalhos, chico ficava numa boa, sem se preocupar com nada, nadando no rio, roubando goiaba, dormindo. Até que chegou  anoite de 29 de junho e começa a pôr seu plano infalível em ação. Finge que vai dormir e sai escondido na calada da noite para pegar os trabalhos dos seus amigos, de casa em casa, através de várias artimanhas. E dá sorte que todos dormem de janela aberta. Na verdade, ele já sabia disso.


Chega a manhã do dia 30 de junho, que seria o último dia de aula. Quando a professora Marocas pede os trabalhos para corrigir, ninguém encontra na mochila. Ela dá zero pra todo mundo e todos são obrigados a ir no dia 01º de julho, assim como o Chico queria. Então, chega o dia do aniversário do Chico, que leva o seu tão esperado bolo para comemorar. Eles cantam parabéns, cortam o bolo e então, o Chico resolve contar que os trabalhos estão com ele. Todo mundo fica revoltado com o Chico pelo susto que levaram e por terem que ir á escola, porém é descoberto que o Chico não tinha feito o trabalho.


No final, só o Chico Bento fica em recuperação paralela, com todos os seus amigos sem falar com ele, a professora irritada por ter que trabalhar nas férias só por causa dele e, com isso, resolve que no ano que vem comemora o aniversário no dia 30 de junho mesmo, como sua mãe sugeriu.


Como deu para ver não é só o Cebolinha que faz planos infalíveis. O Chico também tem os seus. Só não apanhou, mas se deu muito mal no final. Adoro essa história, tem traços e roteiro excelentes. Mesmo aprontando muito durante a história toda, ele teve a lição que merece. Muito legal ver o Chico saindo de madrugada para pegar os trabalhos dos amigos. O olhar e o sorriso na hora, sabendo que está fazendo travessura, são ótimos também. Só ficou estranho, no início da história, de como uma escola ficar com a porta aberta sem ter ninguém dentro, mesmo sendo na roça, mas nem importa, já que é a magia dos quadrinhos e tudo é permitido, sem precisar levar tudo a sério.


 De curiosidade, apesar de ser uma história especial de aniversário, a capa não fez alusão à história de abertura, foi uma piadinha como nas outras edições, só mencionou que tinha história sobre o tema. Uma história excelente que compartilho aqui e sempre bom lembrar. Na postagem coloquei a história completa. 

20 comentários:

  1. Demais mesmo essa HQ, Marcos e foi muito bem lembrado..pois eu tinha esquecido que 1° de julho é aniversário do Chico..não tenho esse gibi na coleção mais tenho a HQ que saiu em almanaques temáticos!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Xandro. Foi republicada em "Coleção Um Tema Só nº 37 - Mônica Aniversários II" ... muito legal mesmo. Abraços

      Excluir
    2. É mesmo, Marcos! Nem sabia que a HQ Aniversário na Escola foi republicada, porque só tenho o gibi original.

      Mas mesmo assim, esse Um Tema Só # 37 deve ser o máximo! Tipo, o Um Tema Só # 21 - Mônica Aniversários (Globo, 1998) deve ter sido bom, mas o de 2003 foi bem melhor. Afinal, republicaram um montão de HQs super boas de aniversário, inclusive as primeiras HQs de aniversário dos personagens de 1994. E algumas HQs desse almanaque que mais lembro são essas:

      - Palhaço de Festa (MN # 87, Globo, 1994)
      - Eustáquio Faz Cem Anos (CC # 100, Globo, 1990)
      - É Um Espanto! (MG # 44, Globo, 1991)
      - Festa de Arromba (MN # 61, Globo, 1992)
      - Aniversário do Mingau (MG # 111, Globo, 1993)
      - Aniversário Infalível (CB # 94, Globo, 1994)
      - A Festa do Cascão (CC # 205, Globo, 1994)
      - Velas para o Penadinho (PQMN # 28, Globo, 1995)
      - Presente de Aniversário Atrasado (PQMN # 15, Globo, 1994)

      Então, se você tiver esse almanaque, será que as HQs que citei pertencem à este almanaque? Você também o primeiro de 1998? Quando der, fale de algumas delas. Abraços!

      Excluir
    3. Tenho os 2. Lógico q vc sabe q as hqs são essas, tanto q ainda colocou a fonte da soriginais. Só tá querendo é me testar. Vou parar de te responder, se continuar com essa paranoia sem sentido.

      Excluir
  2. História bacana. E a capa da edição está demais, em especial pelas moscas rondando o traseiro do burrico!!! Ah, saudade de história boa numa mensal. Chico roubando trabalhos hj em dia, e à noite, pelas janelas? Nem pensar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kleiton, tudo era mais criativo na MSP até os anos 90... com certeza nunca mais teremos hqs desse nível na MSP.

      Excluir
  3. Ótima histórias, pena que não fazem mais como essa.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente não fazem mais hqs assim. Muito incorreta para os padrões atuais.

      Excluir
  4. Muito boa a historinha... meu aniversário também caía durante as férias do colégio e consegui entender um pouquinho o Chico...kkkk Se bem que ele foi longe mesmo com a travessura. O legal é que é uma arte inocente e ainda assim ele recebe a devida punição. Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda, eu tbm faço em julho e sei como é tbm. O bom é q mesmo depois de aprontar muito, ele sempre se dava mal no final. Hqs assim sempre tinha a lição de moral. Muito bom.

      Excluir
  5. Vc comprou a Graphic Turma da Mônica: Laços?

    poxa gstei da edição... nostalgia foi lá pro alto. pro antigos fãs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei, fiz postagem aqui no blog. Não gostei muito.

      Excluir
  6. Oi Marcos, legal mesmo esta história. Será que foi baseada em algum fato da vida real. Explico: vc mencionou que faz aniversário em julho, a Nanda B disse que faz aniversário nas férias... Quem sabe o roteirista pensou no assunto por conhecer alguém que relatou este tipo de situação e desenvolveu a história a partir desta ideia.

    Digo isso, pois as hqs mais legais são aquelas que dão a impressão de que poderiam ter acontecido mesmo. Essa é uma delas... Valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, é bem capaz q pode ter sido sim, ou q aconteceu com roteirista ou com alguem q ele conheça. Realmente muitas crianças fazem aniversario nas ferias e gostariam de comemorar na escola. Vai saber né? Seja lá quem fez essa hq tá de parabéns.

      Excluir
  7. Eu tenho essa revistinha! Meu pai assinava gibis pra mim nessa época. Eu tinha 10 anos e nenhuma preocupação hahaha bj, marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal esse gibi, todas as hqs ótimas. Época boa mesmo. Bjs

      Excluir
  8. Já vi outras histórias em que o Chico apronta o no final fica de recuperação. No Chico Bento 87 a história de encerramento é assim. O Chico pensa que a rosinha foi reprovada e decide não fazer o exame final, mas na verdade ela tinha trocado de boletim com o zé goiaba o pior aluno da classe. A história termina com todos brincando e o chico de recuperação se lamentando. kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. QUER DIZER QUE FAÇO ANIVERSÁRIO NO MESMO DIA QUE O CHICO? OMGGG

    ResponderExcluir