quarta-feira, 5 de junho de 2013

Pocket L&PM: Chico Bento - Histórias de pescador


Lançado em 2012, o pocket L&PM "Chico Bento - Histórias de pescador" é o mais recente da coleção até então. Nessa postagem, além de falar dessa edição, aproveito para falar também sobre os outros pockets da L&PM e também os da Panini.

Nesse livro "Chico Bento - Histórias de pescador" reúne tiras do Chico que saíram no jornal Folha de São Paulo no período de 1975 a 1979, sem seguir cronologia, prevalecendo 1977/ 78. Assim como os outros pockets da coleção, esse do Chico tem capa cartonada, miolo off-set, 128 páginas e formato de bolso 10,5 x 17,5 cm. Vem 2 tirinhas por página, em preto e branco, na horizontal, com 240 tiras no total. 

Uma página do pocket "Chico Bento - Histórias de pescador"
Apesar do título aparecer "Histórias de pescador" não são tiras de pescaria, e, sim, tiras de temas gerais que saíam no jornal. Eles não mantêm a ortografia da época. Lembrando também que o Chico não falava caipirês na época e eles mantiveram isso no livro, embora em algumas tiras os diálogos eram em caipirês, talvez por alguma experiência deles, já que a MSP era proibida de colocar os personagens falando assim nos anos 70.

As capas dessa coleção são retiradas de alguma imagem de uma tirinha publicada na edição. Nessa do Chico, a capa foi retirada da tirinha da página 39. As tirinhas são sensacionais, como todas da coleção. Nessa edição, prevalecem tiras mostrando o Chico Bento preguiçoso. Tem também muitos trocadilhos, situações engraçadas e muitas vezes até tem um ar mais adulto, só que protagonizada por crianças. Afinal, as tiras saíam em jornal e todos tinham acesso, não só crianças, como adultos também. Naquela época a MSP tinha mais liberdade e podia ousar nos seus trabalhos. Nessas tiras dá pra notar que os traços da mãe do Chico eram bem diferentes, com cabelos claros e aparentemente mais velha da que conhecemos e a professora Marocas aparece diferente em algumas tiras.

Uma página do pocket "Chico Bento - Histórias de pescador"

Sobre a coleção como um todo, primeiro esses livros de tiras foram produzidos pela Panini, aproveitando a ideia de "As melhores piadas" e "As grandes piadas" das Editoras Abril e Globo, respectivamente. Foram lançados 5 pockets da Panini em 2008, cada um com personagem diferente. Esses pockets da Panini eram chamados de "As melhores tiras" e tinham formato semelhante a esses da L&PM e tiveram um da Mônica, do Cebolinha, do Bidu, do Chico Bento e do Penadinho (e todos com "nº 1" na capa). 

Tiveram previsão de sair mais 5 pockets individuais da Mônica, Cebolinha, Bidu, Os Sousa e Nico Demo pela Panini, só que de última hora foram cancelados e esses títulos foram lançados pela L&PM a partir de 2009 aos poucos. E todos esses da Panini que já haviam sido lançados foram reeditados pela L&PM, só mudando a capa e colocando um subtítulo em cada um, como é de costume nos pockets da L&PM. Lembrando que são apenas subtítulos e não são tiras temáticas.

Três edições que eu tenho de "As melhores Tiras" da Editora Panini
Então, os pockets produzidos realmente pela L&PM foram os 2 últimos: "Pintou sujeira" e "Chico Bento - Histórias de pescador". Teve também uma edição mais compacta com menos páginas e com 120 tirinhas de uma nova série da L&PM "Coleção 64 páginas". Só que em vez de serem tiras que não haviam saído na coleção, foi uma reedição das tiras que já havia saído. E infelizmente eles não avisaram na contracapa que se tratava de reedição. Como eu já tinha todos, fiquei com material igual. Os pockets da Panini que foram relançados havia aviso que se tratava de uma reedição, mas esse "120 tirinhas" não.

No total até agora foram 13 títulos diferentes da L&PM. Para quem pensa em colecionar esses pockets, eles estão dispostos até agora assim:
  • Pockets que seriam lançados pela Panini:
  1. "Mônica tem uma novidade"
  2. "Cebolinha em apuros"
  3. "Os Sousa - Desventuras em família"
  4. "Bidu arrasando"
  5. "Nico Demo - Aí vem encrenca"
  • Pockets que são reedições da Panini:
  1. "Mônica está de férias"
  2. "De quem é esse coelho"
  3. "Bidu - Diversão em dobro"
  4. "Chico Bento - Plantando confusão"
  5. "Penadinho - Quem é morto sempre aparece"
  •  Pockets novos da L&PM:
  1. "Pintou sujeira"
  2. "Chico Bento - Histórias de pescador"
  3. "Coleção 64 páginas - 120 tirinhas da Turma da Mônica" (com reedição das tiras já lançadas em números anteriores)
Como eu tinha os pockets da Panini do Bidu, do Chico Bento e do Penadinho, não comprei as suas versões da L&PM. Lembrando que os pockets intitulados "Turma da Mônica" são tiras da turma toda e não são só tiras do personagem da capa, e os títulos não são tiras temáticas. Por exemplo, no "Pintou sujeira", apesar do Cascão na capa, não são só tiras dele na edição, tampouco sobre lixo e sujeira.

Outros pockets da L&PM já lançados
A única desvantagem mesmo é a distribuição, já que só vende em livraria e nem sempre chega em todos os lugares. Esse mesmo do "Chico Bento - Histórias de pescador" até hoje não chegou por aqui e tive que comprar junto com "Horácio e seus amigos dinossauros" na internet, pelo menos ambos com desconto.

Para quem gosta de dar boas risadas com as tiras da Turma da Mônica vale a pena ter esses pockets na coleção. Em qualquer título um é melhor que o outro e garantia de diversão na certa. O melhor de todos achei de Os Sousa, mas todos são ótimos, sem exceção. Eu faço questão de colecionar e recomendo.

Contracapa do pocket "Chico Bento - Histórias de pescador"

18 comentários:

  1. Marcos,

    ótimas informações ao desavisados, como eu. Tenho alguns da Panini (não recordo quais!). E pensei em comprar uns da L&PM. Iria quebrar a cara. Tenho apenas um da gaúcha, o que vc mencionou, com menos páginas, e só. Queria o box; mas, depois dessas informações, tenho que ver o que já tenho por aqui.

    Em geral, gosto dos livros de tiras da L&PM. Acho um bom "custo x benefício" e eles, realmente, são bem elaborados. Comprei vários de Garfield, Peanuts, Hagar etc., além dos nacionais: Laerte, Angeli, Glauco etc.

    Muito boa essa sua relação do que vale a pena ser comprado para quem já tem publicações da Panini ou da L&PM!

    ResponderExcluir
  2. Ah, sobre esse trecho: " já que só vende em livraria e nem sempre chega em todos os lugares". Discordo. Vejo esses livrinhos em tudo quanto é buraco. Aliás, na banca onde mais ando tem um estande da L&PM e quase tudo da Mônica está lá! Tb já vi esses livros de bolso em lanchonetes e cafeterias. Acho a distribuição até boa, e com a vantagem de que os livros passam muito tempo em exposição.

    ResponderExcluir
  3. Quando fui comprar meu Cascão 50 Anos na Livraria Saraiva, vi que tinha aos montes desses pockets(Eu até folheie esse do Chico Bento - Histórias de pescador - TODOS no preço de R$13,00)...particularmente eu só tenho um na coleção o Mônica está de férias que comprei em uma BANCA!! Abçs, Xandro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xandro, o preço é esse mesmo. Eu gosto desses pockets, são muito práticos e as tiras são ótimas. Abraços

      Excluir
  4. Legal essa coleção! Não tenho nenhum, mas Já estou planejando conseguir algum! Você me convenceu, são bons mesmo! Belo post! Valeu pela dica amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heri, valeu pelo elogio. São bons mesmo, só fique atento em não comprar nenhum repetido. Na dúvida, compre todos da L&PM.

      Excluir
  5. Kleiton, a intenção é essa mesmo de mostrar que existem pockets repetidos de editoras diferentes. mesmo q na contracapa avisa q se trata de reedição, mas é bom informar.

    Realmente são muito bons esses pockets. Quanto a distribuição, até vende em algumas bancas lá no centroe nas livrarias tbm, só no meu bairro q não. Porém esse do Chico - Histórias de pescador ainda não vi em lugar nenhum, nem nas livrarias de lá.

    ResponderExcluir
  6. Marcos,

    também não vi esse do Chico à venda em banca! Mas creio que chegará.

    ResponderExcluir
  7. Sobre a observação de "reedição", numa leitura desatenta o cara pode pensar que se trata de uma "reedição" das tiras publicadas em jornais da época, por exemplo. Sou um desses leitores desatentos, hehe! Essa sua postagem acabou servindo como um guia para quem quer comprar esses livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kleiton, ainda nao vi nem em banca nem em livraria. Deve chegar, já q o do penadinho, por exemplo, demorou um pouco pra chegar, mas nao tanto tempo assim. Q tbm nao comprei esse do penadinho, já q tenho o da panini.

      Sobre "reedição", parece q avisam que é uma reedição da panini na contracapa deles, e não apenas "reedição". De qualquer forma a intenção mesmo era essa de utilidade pública e esse guia vai ajudar muita gente q quiser comprar esses livros.

      Excluir
  8. Vi esse do Chico Bento na Fest Comix do ano passado e tenho quase certeza que tinha na Bienal do Livro passada também. É bem capaz de ter na desse ano, que é aqui no Rio.

    Desses, só tenho 3 (todos da L&PM): Os Souza, o do Nico Demo e do Penadinho. O do Nico Demo é simplesmente sensacional. Recomendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André, foi lançado na Bienal de SP ano passado, mas até agora não vi por aqui. Só na internet mesmo.

      O pocket do Nico Demo é excelente mesmo, e Os Sousa tbm.

      Excluir
  9. Oi, Marcos, fico passada com a sua sabedoria sobre a turminha! Adorei todos os posts que li até agora. Estou reorganizando meus gibis do passado (pretendo cadastrar no skoob, como fiz com todos meus livros e revistas) e me interessando novamente em ler as histórias. Como disse em outro comentário, só esses dias descobri a coleção histórica e estou gostando e concordo com suas ressalvas. Mas vamos ao que interessa: com relação aos livros da L&PM eu comprei uma coleção com 5 livros que vinha em uma caixinha (ainda não tive tempo de ler) e ainda não comprei os outros, mas tenho uma dúvida: esse livro do Cascão (Pintou sujeira) será que tem relação com aquela coleção "Um tema só"? Não sei se tenho esse gibi, preciso olhar na minha humilde caixa hehehe, mas lembro da existência dele nas bancas... Aliás, morro de curiosidade de ver sua coleção de gibis! Tira uma foto, please! bjs

    PS: depois eu volto para comentar a questão linguística do Chico Bento falar "errado" pq esse comentário está e-nor-me! hehehe ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natalia valeu pelo elogio. O pocket L&PM não tem nada a ver com o Coleção Um Tema Só Pintou Sujeira. Esse pocket quase não tem tiras solo do cascão tampouco sobre sujeira... são tiras da turma toda com temas variados. Eles só colocam um texto na capa para diferenciar. Mas acho q devia ser temático.

      Coleção Um Tema Só Cascão Pintou Sujeira existe sim... rsrs. Ah quando der posto minha coleção e organização.

      Excluir
    2. Oi, Marcos, organizando meus gibis hj, encontrei o exemplar do Pintou Sujeira da Globo, mas, já que ele é diferente do L&PM, vou acabar comprando o livro depois. bjs

      Excluir
    3. Pois é Natália, o pocket são só tirinhas. Se comprar vai gostar. bjs

      Excluir
  10. Oi de novo, Marcos! Sou eu da postagem da "Turma da Conica", que colecionava as revistas da Mônica de 82 a 89... (me acho Paula, btw).

    Esse lance do caipires (perdoe a falta de acentos aqui) do Chico Bento & companhia parece ter sido polemica em todas as decadas, nao? Nao sei em que pe esta agora pois nao acompanho mais a turma, mas vi rapidinho em uma postagem que, ao republicarem HQs, consertam algumas grafias e deixam outras tantas como estavam no original (arvre > arvore, quano > quando...). Vc sabe qual o criterio?

    Pois me lembro que em 1986 houve um debate que levantou a questao de o Chico Bento influenciar mal o portugues das crianças que ainda estao aprendendo a ler e a escrever. Naquele ano, a MSP chegou a publicar por uns meses o Chico falando no padrao culto. Eu - no auge dos meus dez aninhos - redigi uma carta ao estudio em defesa da legitimidade do discurso do Chico e contra a descaracterizacao do personagem. Muitos meses depois, recebi como resposta uma cartinha agradecendo o apoio :) Foi o dia mais feliz da minha infancia, achei que era o proprio Mauricio a me escrever :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi eles têm como base o caipirês adotado a partir de 1985. Quando republicam hqs antigas, eles mudam para ficar igual ao q eles estão colocando atualmente nos gibis para padronizar. Só lembro agora q gerúndios com terminação "ano" colocam "ando", como comprano, vendeno, e palavras q era "mió", mudam pra "mior".

      Agora não sabia q eles tinham voltado a falar a norma culta em alguns gibis de 1986. Não peguei nenhum gibi com isso. Legal saber. Ainda bem q voltaram a falar caipira. E bom q vc mandou carta reclamando isso. De fato, descaracteriza os personagens.

      Excluir