sábado, 10 de março de 2018

Histórias Semelhantes 5: Bidu uivando para a Lua


Mostro nessa postagem 2 histórias semelhantes mostrando o Bidu e seus amigos uivando pra Lua Cheia e que se deram muito mal por conta disso. A versão original foi publicada em 'Cascão Nº 57' (Ed. Globo, 1989) e a segunda versão saiu em 'Cascão Nº 231' (Ed. Globo, 1995).

Capas: 'Cascão Nº 57' (Ed. Globo, 1989) e 'Cascão Nº 231' (Ed. Globo, 1995)

Na versão de 1989, com o título de "Uivos", com 5 páginas, Bidu está indo à beira de um penhasco, admirando que a noite estava lindíssima e doido para uivar para a Lua. Ele uiva e aparece o Duque também querendo e propõe ao Bidu para eles fazerem um dueto. Bidu preferia um soneto, mas acaba aceitando o Duque uivar com ele. Aparece Bugu querendo uivar também. A princípio até pensam que ele queria fazer as suas imitações horrorosas, mas era só uivar mesmo.

Trecho da HQ "Uivos" ('Cascão Nº 57' - Ed. Globo, 1989)

Aos poucos vão aparecendo outros cachorros à beira do penhasco. Totalizam 7 cachorros pra uivar para Lua e Bidu propõe contar até três para todos uivarem juntos de uma vez para organizar a bagunça. Em seguida, aparece Zé Gordão e eles implicam que já tem cachorro demais lá. Zé Gordão fala que sempre tem lugar pra quem usa "Rex-Bona" (desodorante Rexona). Com o peso do Zé Gordão, eles acabam caindo do penhasco abaixo.

Trecho da HQ "Uivos" ('Cascão Nº 57' - Ed. Globo, 1989)

No final, já no dia seguinte, Bidu cheio de curativos, se queixa que está todo arrebentado e tem a ideia de uivar para o Sol ao invés para Lua e acabam os outros cachorros tendo a mesma ideia e já estavam lá no penhasco, todos machucados também, e pronto para acontecer tudo de novo.

Trecho da HQ "Uivos" ('Cascão Nº 57' - Ed. Globo, 1989)

Já na versão de 1995, com o título "Uma canção para Lua", com 3 páginas no total, Bidu vê a Lua Cheia da sua casa e vai até um penhasco para uivar para ela. Quando Bidu começa a uivar, aparece o Duque também querendo uivar. Aparece em seguida o Manfredo e mais 2 cachorros.

Trecho da HQ "Uma canção pra Lua" ('Cascão Nº 231' - Ed. Globo, 1995)

Já tinham 5 cachorros à beira do penhasco, quando aparece o Chihuahua também querendo entrar no coral. Um deles fala de jeito nenhum porque já tem cachorro demais e Chihuahua fala que ele é pequeninho e não vai fazer diferença. Quando ele se aproxima, o penhasco desaba e todos caem até o chão. Aí no final, eles acabam fazendo serenata de choro canino por causa da dor que estavam sentindo com a queda.

Trecho da HQ "Uma canção pra Lua" ('Cascão Nº 231' - Ed. Globo, 1995)

Comparando as 2 versões. nota-se que os enredos são iguais, de vários cachorros querendo uivar em noite de Lua Cheia. Aí no decorrer delas é que tem detalhes que faz diferenciar um pouco da outra para não dizer que são idênticas em tudo. Na versão de 1989, Bidu já estava a caminho do penhasco, desde o início ele não queria que os outros cachorros uivassem junto com ele, queria fazer a serenata sozinho, foram 8 cachorros uivando, com Duque e Bugu como personagens conhecidos. Já na versão de 1995, começa o Bidu em casa e depois que vai para o penhasco, no início até que acha legal os outros cachorros uivarem para a Lua e são 6 cachorros em cena, sendo Duque e Manfredo como cachorros que conhecemos.Em ambas as versões Duque aparece primeiro.

Agora a diferença mesmo entre elas ficou no final, em que na versão de 1989, após eles caírem por causa do peso do Zé Gordão, eles voltam no dia seguinte para uivar para o Sol prestes a acontecer tudo de novo, enquanto que em 1995, após a queda, dessa vez causada pelo peso minúsculo do Chihuahua, eles fazem serenata de choro ,já caídos do chão. Entre elas, prefiro a primeira versão, que além dos traços melhores, achei melhor a sacada dos cachorros uivarem par ao Sol no dia seguinte, mas cada um vai ter a sua versão preferida. Não dá para saber se o roteirista que criou a história de 1995 conhecia a de 1989 e quis fazer um novo final para a história ou se não conhecia e foi coincidência.

Comparação da queda dos cachorros nas histórias de 1989 e 1995

Agora detalhe curioso é que a versão de 1989 deveria ter 4 páginas se não tivesse as propagandas  inseridas na história. Cada propaganda ocupou 2 quadros que somando é uma página a mais na história. Era muito comum isso nos gibis antigos. E bem interessante ter essa propaganda do "Corpo Perfeito", com um produto "milagroso" que faz ter um corpo definido. Para saber o que era, tinha que pedir catálogo para o endereço indicado. Hoje é de admirar propagandas assim em um gibi infantil, mas era muito comum. Fora as do Instituto Universal Brasileiro, as de curso de detetive, compras de máquina fotográfica por correspondência, entre outras. Em breve posto mais histórias semelhante saqui no Blog. 

18 comentários:

  1. A do final deles uivando de dor é muito mais engraçada!
    Sim,propagandas de "corpo perfeito" eu já vi com gente de verdade,mas não no meio das histórias,e sim,nas páginas específicas de merchan.
    Muito criativa a capa do Cascão cheia de rabiscos,a cara dele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente eram propagandas assim nas páginas normais destinadas e não inseridas nas histórias. Quando inseriam nas histórias erma qualquer uma e dessa vez coincidiu ser uma do corpo perfeito.

      Excluir
  2. Oi, Marcos! As duas HQs são boas. Os desenhos são legais e tudo é muito bom. Detalhes bobos me fizeram gostar mais da primeira: eu nao gosto do degrade das cores da segunda versão. Gostei mais do final da primeira e porque tem o Bugu . Também gostei mais do enquadramento da primeira. Mas as duas são legais. Como eu disse, são detalhes ínfimos é uma não tira a graça da outra, na minha opinião. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, as diferenças foram poucas, detalhes bobos que não influencia nada, diferença mesmo foi no final delas. As 2 muito boas sim.

      Excluir
  3. Marcos,venho eu te trazer mais um assunto off:O Amigo da Onça.
    Péricles e Carlos Estêvão imortalizaram as HQs de quadro único e humor negro do irreverente personagem!
    Será que ele não influenciou o Maurício? De vez em quando apareciam histórias de quadro único da TM,e as próprias capas dos gibis dos anos 80 e 90 são como elas!
    Veja e curta a página!
    https://www.facebook.com/O-AMIGO-DA-ON%C3%87A-353175904840182/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez tenha influenciado o Mauricio, mas não sei confirmar isso.

      Excluir
  4. O duque na segunda história ficou um pouco parecido com as primeiras aparições do monicão, antes de ele ficar agitado. Eu adorei os traços das duas histórias, mas o primeiro quadrinho da segunda história está muito bom. Adorava como a MSP retratava a noite nos gibis antigos. Eram verdadeiras obras de arte, a lua as estrelas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Monicão tinha sido criado há pouco tempo, quem sabe foi alguma inspiração pra eles terem desenhado assim. De qualquer forma os traços das 2 foram bons. Eles caprichavam nos desenhos da noite. Gostava muito da Lua.

      Excluir
  5. Olá! Primeira vez que comento aqui. Seu blog é muito muito bacana!! Cheguei até ele porque de vez em quando fico procurando na internet, até agora sem sucesso, uma historinha da turma que nunca esqueci, deve ter sido um dos primeiros gibis que eu tive contato, com uns 4/5 anos de idade. Era uma história em que uma personagem, tenho quase certeza que era a Tina, ia a uma loja de roupas e comprava um vestido, mas o vendedor, que ficou paquerando-a todo o tempo, coloca na sacola um vestido de outro tamanho, para obriga-la a voltar na loja.
    Pelos meus cálculos, o gibi com essa história deve ter sido entre os anos de 1988 e 1990 mais ou menos. Eu ganhei ele em alguma "pescaria" de festa de igreja, e ele já era usado e rasgado, nem tenho lembrança da capa. Infelizmente não ficou guardado entre minhas tralhas de infância. :'(

    Será que alguém lembra dessa história?!?!?!? :D
    :D
    :D

    Obrigada e parabéns pelo blog!
    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por tá gostando do Blog. Sobre essa história já vi em algum lugar sim, m mas não lembro em qual gibi saiu. Quando der vou procurar aqui e se encontrar eu aviso ou até quem sabe eu posto aqui no Blog.

      Excluir
  6. Eu achava que o Bugu e o Manfredo eram personagens só das histórias em que o Bidu trabalhava como ator. Achei curioso eles aparecerem nessas histórias em que ele age como cachorro mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente eles apareciam mesmo só em histórias como Bidu como ator de histórias em quadrinhos. pelo visto colocaram só pra não encher de cachorros figurantes, fora o Duque.

      Excluir
    2. já vi o Bugu em outras histórias em que o Bidu não era ator, uma em que o Bidu tenta ajudar o floquinho a se sentir melhor com a aparência e no final ele leva o floquinho a um pet shop para tosar e eles ficam iguais, só que de cores diferentes. Nela, o Bugu aparece em só um quadrinho.

      Excluir
  7. E o que dizer daquele anúncio "Um corpo perfeito!"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem estranho pra um gibi infantil, mas era comum anúncios desse tipo nos gibis.

      Excluir
  8. Eu nem imaginava que Canção Pra Lua, fosse semelhante a uma história mais velha, quando li em Cascão 231! Sempre achei ela bem engraçada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa história é bem legal, bem curioso ela ser semelhante.

      Excluir