quinta-feira, 12 de junho de 2014

Papa-Capim: HQ "O Feio"

A história que eu compartilho é de quando o Cafuné tenta ficar bonito para impressionar uma indiazinha que ele estava gostando. Tem 6 páginas e foi publicada originalmente em 'Chico Bento nº 75' (Ed. Globo, 1989).

Capa de 'Chico Bento nº 75' (Ed. Globo, 1989)

Cafuné estava apaixonado por uma indiazinha, a Jacira. Sempre que ele tentava se aproximar, a Jacira fugia do Cafuné, que não entendia por que ela fugia e ficava triste. Quando ele fica se lamentando à beira do rio, vê o seu reflexo na água e se assusta. Ele sai correndo e avisa ao Papa-Capim que tem um monstro no rio. 


Ao chegar lá, Cafuné aponta e o Papa-Capim fala que era o reflexo do Cafuné. Ele diz que o reflexo dele era o que seria o do Papa-Capim, que diz que não, fazendo uma careta para provar. Cafuné fica arrasado ao descobrir que é feio e narigudo e diz que era por isso que a Jacira sempre fugia dele. Ele ia falar para a Jacira que tem toda razão, quando Papa-Capim diz que vai tentar deixá-lo mais bonito. Cafuné pergunta se vai fazê-lo nascer de novo e Papa-Capim pega tintas e enfeites para fazer pinturas indígenas no rosto do Cafuné.


Ao terminar de fazer a pintura, Cafuné olha para o espelho e desmaia: afinal, estava mais feio do que era. Quando acorda, Cafuné tira a pintura e acha melhor desistir. Porém, Papa-Capim tem a ideia de pedir para o Pajé fazer um feitiço pra deixá-lo bonito. O Pajé diz que essa é a especialidade dele, já que aprendeu a mágica com o Pajé Pitanguinha da tribo dos Quero-Quero. Após fazer o ritual, o Pajé diz que daqui a duas luas, estará mais bonito q o Aritana. Mas quando Pajé tira a máscara, eles veem que ele era horroroso, desanimando o Cafuné com isso.


Então, Papa-Capim fala que não é para o Cafuné se importar com a aparência, e, sim, com a sua coragem, sinceridade e bondade que ele tem de sobra. Aconselha, ainda, a procurar a Jacira e ser espontâneo, que ela vai adorar. Cafuné pega umas flores e vai atrás dela. Jacira já se prepara para fugir, mas ele diz para não correr e aceitar as flores, que representam tudo que sente por ela. Nessa hora, sai uma abelha das flores e pica o nariz dela.

Cafuné chora, e diz ao Papa-Capim que é um bobão e feioso, que faz tudo errado e que depois dessa a Jacira não vai querer mais nada com ele. Mas, para a surpresa deles, ela volta e pergunta se pode ficar do lado dele. Jacira estava com nariz inchado e ficou tão feia quanto ao Cafuné e aí finalmente começam a namorar, terminando a história.


Acho essa história legal envolvendo romance. Além de divertir, ainda tem uma boa lição de moral para não se importar com aparência. Não importa a beleza de fora, e, sim o seu interior, ou seja, o caráter. Aliás, não fica muito claro se a Jacira corria porque achava o Cafuné feio ou se era só tímida. Até porque ela se aproximou mesmo dele depois que ficou com narigão igual ao dele. Fica a interpretação do leitor.


Os traços e arte-final são muito bons, como sempre na época. Na postagem, está completa. Engraçada a referência ao Ivo Pitanguy, quando fala-se Pajé Pitanguinha, e quando fala Aritana, deve está se referindo a uma novela índígena que passou na TV Bandeirante nos anos 70. Tem ainda um absurdo legal de como o Papa-Capim encontrou aquele espelhou na floresta.


O Pajé da tribo deles foi desenhado bem diferente do que estamos acostumados. O normal é ele ser idoso e com cabelos brancos, mas foi desenhado feio assim para dar graça á história. E vale lembrar que a índia Jacira apareceu só nessa história.

48 comentários:

  1. Não tenho essa revista. Mas já li esta história. Só não sei onde. Suponho que em algum almanaque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não tem esse gibi do Chico, deve ter sido em algum almanaque mesmo. Eu nem tenho ideia quando foi republicada pq não tenho esse almanaque e só a li no original.

      Excluir
    2. Bem, parece que foi republicada em algum Almanaque do Chico Bento de 2001, só não lembro qual foi. Se não for, então não tenho certeza.

      Eu juro que também vi essa HQ em um almanaque da Panini, mas não tenho certeza se foi no Almanaque da Mônica # 35 (2012) ou no Almanaque do Chico Bento # 40 (2013).

      Mas tem três HQs que nunca vi que foram republicadas nesses dois almanaques e que quero que você me ajude, que são Filhote de Dinossauro (CHB # 11, Globo, 1987), A Galinha dos Ovos de Ouro (CHB # 12, Globo, 1987) e Dodói Por Causa do Sansão (MN # 18, Globo, 1988). A do Dodói Por Causa do Sansão foi republicada na edição especial Mônica 30 Anos (1993), que você já falou dela: http://arquivosturmadamonica.blogspot.com.br/2013/07/monica-30-anos.html, mas as do Chico Bento não sei se já foram republicadas antes, talvez em 1992/1993, já que era permitido republicar HQs até 1987. Me ajude se já foram republicadas e se sabe o enredo delas, até a do Sansão.

      Falando nisso, nesse almanaque da Mônica republicaram a HQ A Mônica é um Gênio de MN # 44 (Globo, 1990), que é bem especial na minha opinião. Primeiro, que é dividida em duas (ou três?) partes, ou seja, com muitas páginas, segundo, porque dava pra ler no Portal da Turma da Mônica. Você conhece essa HQ? Sabe o enredo dela? Sabe também se já foi republicada antes? Provavelmente em 1995/1996, já que era possível republicar HQs até 1990. Me ajude aí, vai, e também com as outras HQs citadas, beleza? Abraços!

      Excluir
    3. Daniel, Filhote de Dinossauro foi republicada em Coleção um tema Só nº 8, de 1994, A Galinha dos Ovos de Ouro em Coleção um tema Só nº 6, de 1994, e A Mônica é um Gênio, em Coleção um tema Só nº 8, de 1994.

      Excluir
    4. Não acho que a HQ A Mônica é um Gênio foi republicada em 1994, pois foi cedo demais. Deviam esperar chegar 1995, aí sim iriam republicar. Você tem o almanque pra me convencer?

      E sobre os números de Um Tema Só, o # 6 é o Mônica Fábulas e o # é o Chico Bento Bichinhos, é isso?

      Olha, acho que a HQ A Mônica é um Gênio deveria ser republicada no # 6, pois tem gênios na HQ e gênios tem tudo à ver com fábulas, mas mesmo assim, queriam que republicassem em '95.

      Pelo menos, a HQ da Galinha dos Ovos de Ouros foi republicado no # 6, já que o enredo dela deve ser parecido com João e o Pé de Feijão, mas como não conheço, você devia falar pra mim o enredo dela. Aliás, a do Filhote de Dinossauro também.

      Ah, você devia falar da HQ Quando Ser Forte Incomoda, Mônica # 18 (Globo, 1988), que eu não conhecia. Só fui conhecer no Almanaque da Mônica # 21 (Panini, 2012), que também republicaram a HQ Os Bichos, de Mônica # 7 (Globo, 1987) e Eletro, A Ameaça Pública, de Mônica # 6 (Globo, 1987). Nela, um diabo faz um acordo com a Mônica pra ela parar de ser forte, já que como é forte, ela detona tudo. Coisas envolvendo a força da Mônica sempre foram legais, você não acha? Mas a parte triste é quando ela se quebra toda, e aí o Anjinho ajuda ela, além do Cebolinha e do Cascão, aí o Anjinho descobre que o sujeito do começo era mesmo um diabo. Então, a Mônica volta ao normal, dar um abraços nos meninos, mas acabam parando no hospital, pois ela é forte demais e quase os quebrou, terminando assim a história.

      Bem, acho que o enredo dela é mais ou menos. Você que conhece a HQ, além de corrigir o que eu disse de errado, diga também se ela já foi republicada em algum almanaque da Globo, pois eu só vi a re-republicação da Panini. Também quero que você me diz se conhece a HQ do Eletro, se sabe o enredo dela e se ela ja foi republicada em algum almanaque da Globo.

      Então é isso, me desculpe se o comentário tá longo, mas essa é a minha opinião do comentário que você me deu e também de HQs dos primódios da Turma na Globo que tenho certeza que você conhece. Abraços!

      Excluir
    5. Me enganei, a HQ A Mônica é um Gênio foi republicada em Coleção um tema Só nº 20, de 1998.

      Conheço a HQ do Eletro, mas não lembro em qual almanaque da Globo foi republicada, talvez algum de 1993.

      Excluir
    6. Tá vendo? Muito bem! Afinal, em 1994, só era permitido republicar HQs até 1989.

      Mas você ainda nem falou dos enredos de Filhote de Dinossauro, A Galinha dos Ovos de Ouro e Dodói Por Causa do Sansão. Aliás, me fale se o enredo de Quando Ser Forte Incomoda que inventei tá certo, e diga se já republicaram em algum almanaque da Globo, pois eu só vi a re-republicação da Panini.

      Que pena que você não sabe quando a HQ do Eletro foi republicada. Também acho que republicaram por volta de 1993, já que era permitido republicar HQs até 1987/1988, mas continue procurando e boa sorte. Abraços!

      Excluir
    7. Eu conheço as hqs, mas não lembro de enredo agora. Quando der, falo de enredo em postagem sobre essas hqs.

      Capaz de vc saber os enredos, já q sabe das originais e de até quando foi republicada. Assim fica parecendo q vc quer perturbar e me testar se sei ou não.

      Tá na cara q vc sabe os enredos das hqs, como ia "inventar" enredo assim, como esse "Quando ser forte incomoda"? Na certa vc leu em algum lugar e quer que eu confira se sei ou não pra testar.

      Excluir
    8. Ah, Marcos, sabe o que vi? De acordo com o Guia dos Quadrinhos, a HQ Quando Ser Forte Incomoda foi republicada na Globo sim. Mas é porque não tenho a republicação.

      Voltando ao assunto, essa HQ foi republicada no Almanacão de Férias # 14 (Globo, 1993), que também foram republicadas as HQs A Máquina do Tempo (CC # 5, Globo, 1987), O Robô Destruidor (CB # 4, Globo, 1987) e Mentira Cabeluda (CB # 40, Globo, 1990), e lembre-se que não tenho esse almanaque.

      Mas sabe de uma coisa, você conhece essa HQ da Mentira Cabeluda? Caso tenha o almanacão, foi nesse que republicaram? É que achei cedo demais pra republicar. Eles podiam ter esperado chegar 1995, pois em 1993, só era permitido republicar HQs até 1988.

      Mas as HQs A Máquina do Tempo e O Robô Destruidor eu conheço. No Robô Destruidor, Cebolinha pede o Franjinha a consertar seu robô, que estava quebrado, só que o robô fica loucão e altera-se para o mau. Eu já a conhecia, só que fui ler no gibi original e nem sabia que tinha sido republicada. Você conhece essa do robô?

      A Máquina do Tempo também é ótima. Franjinha constrói uma máquina do tempo (que na verdade, era um relógio de pulso) e Cascão testa a máquina, mas ele só vai criando apuros ao longo de tempos, como a pré-história, no tempo dos gladiadores romanos e no tempo dos piratas. No final, Franjinha constrói mais um máquina do tempo, só que diferente da outra, essa daí muda um dia de sol para um dia chuvoso. Então, o Cascão quebra a máquina, cai um temporal e eles ficam brabos, terminando assim a história. Apesar de ser uma HQ bonita, eu não li no gibi original (CC # 5, 1987), só fui ler no antigo portal da Mônica. Aliás, se você conhece a HQ e tem o almanacão em que foi republicada, foi essa HQ mesmo que teve nesse almanacão?

      Resumindo, a maioria das HQs são boas. Umas eu conhecia, mas as outras não. Terminando, você sabe se os enredos das histórias estão certos? Você também tem o almanacão? Abraços!

      Excluir
    9. Os enredos estão certos. Eu tenho esse almanacão e a hq "Mentira cabeluda" não foi republicada nesse Almanacão. Não sei quando foi, pq não tenho o almanaque, só a original.

      Excluir
    10. Ah, sabe o que vi, Marcos? De acordo com o Guia dos Quadrinhos, se você tem mesmo o almanacão de 1993, essa HQ Mentira Cabeluda deve ser da Mônica # 7 (Globo, 1987) e não aquela do Cebolinha # 40, de 1990. É porque em 1993, só era permitido republicar HQs até 1987/1988. Você sabe se o que eu disse tá certo ou tá errado?

      E outra coisa engraçada é que vi que essa mesma HQ foi republicada recentemente no Almanaque da Mônica # 37 (Panini, 2013), que também republicaram A Força Está no Coração, de Mônica # 51 (Globo, 1991), Nana Tarcísio Nana, de Mônica # 5 (Globo, 1987) e Eu Quero Morrer (?).

      Sim, Marcos, só conheço a HQ Eu Quero Morrer pelo nome, não sei mesmo o gibi original dessa história. Pelo jeito, deve ser uma HQ da Turma do Penadinho, que é um cara que quer se matar e Dona Morte aparece nessa história. E será que o enredo dessa HQ é esse? Se você tiver o gibi, me diga qual foi. Aliás, acredito que ela foi republicada no Almanacão Turma da Mônica # 11 (Globo, 1999). Aliás, fale dela algum dia.

      Sobre a HQ A Força Está no Coração, eu conheço ela, é muito boa. Tanto que acabei conhecendo no gibi original, mas não tô lembrado do enredo. E como a HQ foi republicada recentemente pela Panini, na verdade é uma re-republicação, pois deve ter sido republicada antes num almanaque da Globo, mas não sei se republicaram mesmo, talvez entre 1996/1997, já que nessa época, era permitido republicar HQs até 1991.

      Agora, quanto à HQ Mentira Cabeluda, de Cebolinha # 40, vi que foi republicada no Almanacão de Férias # 21 (Globo, 1997). Nesse mesmo almanacão, também republicaram O Segredo da Pirâmide (MN # 31, 1989), Gente Fina é Outra Coisa (MG # 29, Globo, 1990) e Eu Guardo O Que é Meu! (CHB # 21, Globo, 1987). Na verdade, não certeza se realmente republicaram essa última do Chico, pois não tenho o almanacão.

      Mas a melhor de todas é O Segredo da Pirâmide, que fala de uma aventura com Mônica, Cebolinha e Cascão no Antigo Egito descobrindo um segredo na pirâmide, porém o vilão da história também quer descobrir qual segredo é esse e tenta impedir-los. Mesmo não conhecendo antigamente, só fui conhecer anos depois no antigo portal da turma. Você conhece essa história?

      Aliás, na mesma edição (MN # 31, 1989), também teve a marcante Mônica de Óculos. Como nunca vi ela, o enredo é assim: A Mônica começa a usar óculos, mas os meninos debocham dela. E claro, no final, sobra coelhada pra todo mundo. Se você conhece ela, o enredo é esse?

      E mesmo não conhecendo, vi que ela foi republicada três vezes: Primeira no Almanaque da Mônica # 46 (Globo, 1995), segunda no Almanaque da Mônica # 18 (Panini, 2009) e terceira em Monica's Gang/Mónica y su Pandilla # 30 (Panini, 2012).

      Enfim, comenta aí se você conhece todas as HQs citadas acima. Todas elas são muito boas, inclusive a da pirâmide e da força está no coração. E lembre-se muito bem: A força está no coração! Abraços!

      Excluir
    11. Sm, o enredo são esses e conheço todas.

      Excluir
    12. Mas, Marcos eu quero que você com essas perguntas aqui:
      1 - Você sabe se a HQ Mentira Cabeluda do Almanacão de Férias # 14 (Globo, 1993) é originalmente de Mônica # 7 (Globo, 1987)? Pois a HQ Mentira Cabeluda do Cebolinha # 40 (Globo, 1990) foi republicada no Almanacão de Férias # 21 (Globo, 1997), mesmo eu não tendo esse.

      2 - Me ajude com a HQ Eu Quero Morrer do Penadinho. Soube que ela é de Mônica # 78 (Globo, 1993), mas não tenho mais certeza, já que perdi o gibi. Você conhece ela?

      3 - A mais principal! Você conhece a HQ A Força Está no Coração, de Mônica # 51 (Globo, 1991)? Como ela é de '91, eu acho que foi republicada em algum almanaque de 1996/1997, já que nessa época, era permitido republicar HQs até 1991. Você sabe ela já foi republicada na Globo?

      Então é isso, espero que você RESPONDA minhas perguntas, tá? E quem sabe, um dia, vc fale das HQs Mônica de Óculos e O Segredo da Pirâmide, de Mônica # 31 (Globo, 1989), aqui no blog. Abraços!

      Excluir
    13. Eu conheço as hqs da Globo até 1997 e não precisa ficar toda hora perguntando se conheço ou não. Fica querendo perturbar.

      Tá na cara q vc conhece de onde são as hqs, e só quer me testar. Procura aí no guia dos quadrinhos.

      Excluir
  2. Acho importante que essas histórias passem a mensagem da beleza do interior da pessoa... bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Natália, assim q é bom mostrar bons exemplos, sem ser didático demais. História legal.

      Excluir
  3. Cafuné era mais feio nos primórdios das hqs do indiozinho, mas é o único que usa alargador nas orelhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Eugenio, quando estreou era extremamente feio, aí até q não tá mais, o q diferencia é o narigão e as orelhas alargadas. Gosto do Cafuné, é o melhor da Turma do Papa-Capim.

      Excluir
    2. Concordo contigo. Gosto do Cafuné e acredite, da Turma da Mata os meus preferidos são o Luís Caixeiro e o rei Leonino.

      Excluir
    3. Outra coincidência. Pra mim tbm o Luís Caixeiro e o Rei Leonino são os q mais gosto da Turma da Mata.

      Excluir
  4. Há uns quantos meses atrás eu reli essa historinha e até fotografei essa cena do "Palavra de pajé", pois achei genial. Selecionou uma ótima história para mostrar no blog, Marcos!
    Bom fim de semana :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal essa hq. Bem divertida. Bom fim de semana pra vc tbm, Nanda.

      Excluir
  5. As vezes o que me da raiva na MSP e esse negócio de colocar um personagem para participar de uma única história.Não gosto muito isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é q eles nao tem cronologia e acaba colocando só em uma hq.. essa Jacira podia ter rendido outras hqs como a namorada oficial do Cafuné mas não aconteceu. Mas não ligo se aparecem só uma vez.

      Excluir
    2. Verdade, a turma do Papa capim é o que menos tem personagens fixos.

      Excluir
    3. Fixos mesmo são o Papa-Capim, Cafuné, Jurema, a mãe do Papa-Capim, o Pajé e o Cacique. Outros aparecem, mas são poucas vezes. realmente, tem poucos personagens no núcleo.

      Excluir
  6. Oi Marcos, sei que não tem nada haver com o post ,enfim;

    Hoje assisti o primeiro da série "Cine Gibi", e pelo que percebi na abertura, a intensão era de fazer um "Clássicos do Cinema" animado. Mas o resultado saiu bem distante disso.

    Também percebi, que na parte em que o Franjinha pega os gibis para botar na máquina, as capas não correspondem as revistas originais. Seria uma tática de divulgação das revistas atuais?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro q não colocaram as capas originais, acredito q escolheram aleatoriamente. Só eu vendo de novo pra ver se eram gibis atuais, mas acho q não, apenas eram gibis mais recentes do q as hqs passadas no Cine Gibi.

      Sobre a intenção de fazer um Clássicos do Cinema e depois mudarem, não sei se foi isso mesmo.

      Excluir
    2. Não sei se a intenção foi em fazer um classicos do cinema. Mas sobre as capas eles realmente não colocaram as originais.

      Excluir
    3. Do Cine Gibi por isso tô por fora, já as capas, é fato, o q foi uma pena.

      Excluir
  7. Eu demorei um pouco para comentar, mas Marcos vc leu a minha mente,eu havia visto seu post anteontem,eu acho,mas só li a hq completa ontem. E antes de ler a história e tudo mais eu havia notado que me tinha esquecido de citar a Jurema e o Papa Capim na nossa conversa sobre casais.
    É um casal bonito,mas quase não se tem enredos sobre eles, pior que como já disse antes a turma do Papa capim é o que menos tem personagens fixos e já vi outra índia substituindo a Jurema, numa hq em que ele está apaixonado pela Jaci(Lua).
    Quando a hq postada muito legal! Pobre cafuné! Só agora percebi que ele é um dos mais velhos dessa turma.
    E eu acho sim que a indiazinha era tímida,ela mesma diz "Me desculpe a minha timidez!".
    O Pajé feião foi muito engraçado, acho que só mais tarde que havia feito o efeito. XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oficialmente é a Jurema a namorada do papa-capim, mas tem hqs q ele estava namorando outras indiazinhas, pelo fato da MSP não ter cronologia, dependendo de cada roteirista. As hqs dele com a Jurema são boas tbm.

      O Cafuné, realmente foi criado junto com o Papa-Capim e essa hq é muito boa. Tbm acho q a Jacira era tímida, mas dá pra ter dupla interpretação.

      Excluir
    2. Na verdade a turma do Papa Capim não é a menor. A do Astronauta é a que tem menos personagens.

      Excluir
    3. Sim, de todas as turmas a do Astronauta é a menor.

      Excluir
    4. O Cafuné é mais antigo que o Papa. Isso segundo o Wikipédia.
      É uma pena que só vi poucas hqs tendo do Papa e Jurema em clima de amor.
      Também teve vezes em que ele se apaixona por caraíbas

      Lembrei de uma coisa: Marcos vc pretende colocar histórias mudas também?

      Excluir
    5. Não é bom confiar muito no wikipedia sobre a Turma da Mônica q tem muitos erros lá. Qualquer um pode ir lá e modificar. Acho q o Cafuné e o Papa-Capim foram criados juntos. A confirmar isso.

      Sobre hqs mudas, não ligo muito pra hqs assim. Quem sabe eu poste, mas não serão aquelas hqs longas e intermináveis como se encontram nos gibis atuais e, sim, de até 3 páginas q são as melhores. Pra mim, hqs mudas boas são até 4 páginas, no máximo, mas do q isso é enrolação.

      Excluir
    6. Sei que não podemos confiar muito lá mas...

      As melhores mudas são sempre aquelas de pelo menos 2 páginas. :D

      Excluir
  8. Adorei a historinha...Não a conhecia! Gosto muito dessa arte e traços usados na história. Lindo!

    E a capa do Chico Bento é interessante. Denuncia "os males" de engaiolar os pássaros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A arte dessa hq é fantástica. Bem caprichada. E em algumas capas tinham críticas sociais, principalmente as do Chico.

      Excluir
  9. Muito boa essa HQ, eu tinha ela há uns anos atrás, desfiz dela e a poucos meses consegui encontrar essa edição novamente em um sebo. E realmente as histórias do Papa- Capim são ótimas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm gosto das hqs do Papa-Capim. E q bom q vc conseguiu recuperar esse gibi. Tem ótimas hqs.

      Excluir
  10. Marcos, vc consegue uma história do papa capim que conta a lenda do sol e da lua? Estou procurando e nada.... obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro vagamente dessa hq, mas teve sim. Infelizmente não lembro a edição. No momento lembro de outra assim, mas foi com o Piteco. Se eu encontrar essa do Papa-Capim eu mostro sim.

      Excluir
  11. eu lembro dessa história, so não sei de onde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal que você já leu! Muito boa essa história

      Excluir