terça-feira, 30 de julho de 2013

Mônica 30 Anos


Em 1993, foi lançada a edição especial "Mônica 30 Anos", em homenagem aos 30 anos de criação da personagem. Nessa postagem faço uma resenha sobre essa edição espetacular muito lembrada pelos fãs.

"Mônica 30 Anos" tem 260 páginas no total, formato 19 X 27,5 cm, capa cartonada, papel de miolo offset (com isso, um pouco mais luxuoso que "Maurício 30 Anos", lançada em 1990). O que marca essa edição é que tem várias páginas destinadas à apresentação e seções de curiosidades, além de tirinhas dos anos 60, páginas semanais, histórias republicadas e uma inédita, tudo intercalado com algumas propagandas, se tornando uma obra bem completa que é como que tem que ser as edições comemorativas desse porte.

Em relação às curiosidades, primeiro mostra o Maurício contando como criou a Mônica e a evolução dos traços da mônica. A seguir tem a seção "Álbum de fotografias" que mostram fotos das filhas do Maurício, Mônica, Magali e Mariângela (que inspirou a Maria Cebolinha), quando crianças.


Depois vem a seção "Tudo começou assim..." que mostra a 1ª tira da Mônica e a evolução da MSP, através de texto e ilustrações, e a capa de Mônica # 1 (Ed. Abril, 1970) e em seguida mostra as 30 capas das revistas da Mônica mais legais escolhidas pela MSP, agrupadas por décadas. Todas que escolheram foram bem clássicas e muito boas.

Mostram, ainda, seções com imagens da Mônica no cinema, no teatro, na TV e no mundo que mostram imagens dos filmes, peças de teatro, propagandas que passaram na televisão e capas de revistas do exterior, respectivamente. Legal ver, por exemplo, a imagem da propaganda de 1993 que passou na televisão do chocolate Nestlé. Há também "Mônica no Parque" com imagens do Parque da Mônica e entrevistas com a Mônica-personagem e a Mônica verdadeira.

Uma das páginas da entrevista com a Mônica, filha do Maurício.

Além disso, tem a seção "Como eles veem a Mônica", em que os personagens de vários núcleos falam o que acham dela, como o Cebolinha, a Tina, Papa-Capim, Bidu, dentre outros e, para finalizar, a seção mais importante e muito comentada até hoje que foi "Como eu vejo a Mônica", com 18 ilustrações da Mônica elaboradas por artistas nacionais e internacionais fazem ilustrações, cada um com seu estilo. Tem ilustrações de artistas, como Will Eisner, Andre Le Blanc, Joe Kubert, Ziraldo, Miguel Paiva, Jim Davis e vários outros. Tudo em alto nível e uma melhor que a outra. Com certeza, essa seção foi o grande destaque dessa edição e que, anos mais tarde, serviu de inspiração para a criação da trilogia "MSP50", de "Ouro da Casa" e do recente "Graphic MSP".

Páginas da seção "Como eu vejo a Mônica", com desenhos de Miguel Paiva e  Milo Manara

Depois das curiosidades, mostram 40 tirinhas clássicas dos anos 60 publicadas no jornal "Folha de São Paulo". Foram dedicadas 10 páginas, com 4 tirinhas por página e em cada uma das páginas comentários sobre elas.

Uma das página com tirinhas dos anos 60

Em seguida, colocaram 10 páginas semanais (tabloides) do Cebolinha dos anos 70 que tinham a presença da Mônica, que também saíram no jornal Folha de São Paulo e todas com seus devidos comentários.

Página semanal dos anos 70

Depois disso, vêm as histórias. A relação das histórias, com o número da edição e ano de cada uma, foram essas:

  1. Mônica é daltônica? (MN # 1 - Ed. Abril, 1970)
  2. Um elefante incomoda muita gente (MN # 2 - Ed. Abril, 1970)
  3. A dona da rua (MN # 2 - Ed. Abril, 1970)
  4. Cascão não quer sabão (MN # 1 - Ed. Abril, 1970)
  5. Os perigos da noite (MN # 4 - Ed. Abril, 1970)
  6. A invasão dos discos (MN # 3 - Ed. Abril, 1970)
  7. Quem tem medo da mini-mônica? (MN # 3 - Ed. Abril, 1970)
  8. A vingadora (MN # 82 - Ed. Abril, 1977)
  9. A unhuda (MN # 81 - Ed. Abril, 1977)
  10. Sansão! É o nome do meu coelhinho! (MN # 161 - Ed. Abril, 1983)
  11. A força da Mônica (MN # 6 - Ed. Globo, 1987)
  12. E o mar levou... (MN # 13 - Ed. Globo, 1988)
  13. Confusões mecânicas (MN # 15 - Ed. Globo, 1988)
  14. Como adultos (MN # 4 - Ed. Globo, 1987)
  15. Dodói por causa do Sansão (MN # 18 - Ed. Globo, 1988)
  16. Abraço da amiga ursa (MN # 8 - Ed. Globo, 1987)
  17. Pra ser ideal (MN # 15 - Ed. Globo, 1988)
  18. O duelo das bruxas (MN # 17 - Ed. Globo, 1988)
  19. Por dentro da moda (MN # 14 - Ed. Globo, 1988)
  20. Mônica 30 Anos (inédita)


Foram 19 republicações e uma inédita. Sobre as republicações são todas muito boas e tem vários clássicos dos primeiros números da revista da Mônica da Editora Abril, inclusive tem a primeira história dela nos gibis, "Mônica é daltônica?". A maioria são originais de miolo.

Propaganda e HQ "Mônica é daltônica?"

Mesmo todas agradando, acho que eles ficaram muito restritos a histórias dos primeiros números da Editora Abril e os primeiros da Editora Globo. Prevalecem histórias de 1970 e de 1988, e, com isso, ficaram sem mostrar todos os traços, incluindo os superfofinhos do final dos anos 70. Pelo que deu para entender, a intenção era mostrar as clássicas dos primeiros números aliadas às características da Mônica. 

Histórias dos anos 80 da Editora Abril, só teve "Sansão! É o nome do meu coelhinho!". As de 1988 que colocaram são ótimas, mas podiam variar, até porque estavam bem recentes para aquela época, embora já era permitido republicar histórias de 1988 em 1993, afinal, eram republicadas nos almanaques convencionais da época. Mesmo assim, tiveram preocupação de colocar vários traços diferentes que saíam nos gibis de 1988. É que naquela época cada história tinha traços diferente, de acordo com o roteirista. Preocuparam-se também colocar histórias que mostram todas as características da Mônica, principalmente a sua superforça e seus absurdos, mesmo sendo praticamente do mesmo ano.

Trecho da HQ "Abraço da amiga ursa" (1987)

Não teve nenhuma alteração em relação às histórias originais. Nem na história "O duelo das bruxas" que mantiveram "1988" exatamente como na revista da Mônica # 17 original, como tem que ser. Na época, eles não mudavam mesmo o conteúdo delas e não seria nessa edição especial que fariam isso. 

Trecho da HQ "O duelo das bruxas" (1988)

A edição termina com uma história inédita entitulada de "Mônica 30 Anos". A trama se passa em 2023, já com os personagens adultos, e mostra o Cebolinha casado coma Mônica e com 4 filhos (dois casais) em um ambiente futurista (tipo "Os Jetsons"). Cebolinha cansado da vida de casado com a Mônica e ainda levando coelhadas dela, pede ao Franjinha uma máquina do tempo para voltar a 1993, ou seja, 30 anos atrás, para fazer com que ele na época de criança não se apaixone pela Mônica. 

Trecho da HQ "Mônica 30 Anos"

Tem 28 páginas e é divida em 3 partes. Muito legal essa história. Curiosamente, ela teve uma leve alteração nos traços a partir da 22ª página (página 251 do livro). Começa com um tipo de traços e termina com outra. Mesmo assim, não perde o encanto da história. É sensacional.

As propagandas que aparecem nessa edição, a maioria fazem referência e homenagem aos 30 anos da Mônica. E ainda tem 4 páginas com uma seção "Quem esteve com a gente... nesses anos dourados", antes da história "Mônica 30 Anos", mostrando várias marcas que anunciaram nos gibis ao longo dos anos.

Duas páginas de "Quem esteve com a gente... nesses anos dourados" - 4 páginas no total

Em 2004, "Mônica 30 Anos" foi reimpressa em uma nova versão como formato livro mais luxuoso e sem as propagandas. Foi lançada junto com as versões também de luxo de "Maurício 30 Anos", "Mônica 35 Anos" e "Mônica 40 Anos" (originais de 1990, 1998 e 2004, respectivamente). Essa versão eu não tenho. 

Sem dúvida, "Mônica 30 Anos" é uma edição excelente que vale a pena ter. Uma edição que marcou os fãs, nem tanto pelas histórias, e sim, pelo conteúdo completo das curiosidades, assim como as principais tirinhas, tabloides e também pelas ilustrações feitas pelos artistas convidados da MSP. Para quem for procurar na internet e em sebos, recomendo a versão original de 1993 que é melhor. Tanto pelo fato de ser a original e também porque tem as propagandas originais. 

25 comentários:

  1. Adorei está postagem, Marcos...essa é uma das edições que mais gosto na minha coleção de revistas/quadrinhos da Turma da Mônica...por que ganhei do meu pai no Natal daquele ano!(1993)! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xandro, já vi em seu blog seu apego a essa edição, em especial por ter sido presente de seu pai, salvo engano.

      Adoro essa ilustração do Manara!

      Excluir
    2. Legal Xandro... vejo q essa edição tem um lado sentimental tbm. É muito boa sim.

      Kleiton, a ilustração do Manara é sensacional.

      Excluir
  2. Essa eu tenho e gosto muito. Acredito que essas "antologias" sempre irão desagradar alguém. Sempre faltará "aquela história". A HQ inédita, para mim, foi legal demais! Agora é aguardar Mônica 50 Anos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Kleiton, sempre vai faltar alguma hq q marcou, mas o ideal é q agrade as q selecionaram, e essa não desagradou.

      A hq inédita é fantástica do início ao fim. Capricharam bem.

      Excluir
  3. Não conhecia a revista, mas pelo que vi agora é excelente mesmo!

    Quanto às histórias, faço minhas as tuas palavras, selecionaram as que apresentaram as características da Mônica. Mas haviam tantas outras bem legais também. só que essa seleção está muito boa! Não tenho do que reclamar. Conheço boa parte delas e são realmente bem legais. Aquela do Cascão não quer sabão, achei um sarro! Maravilhosa!

    Obrigado por compartilhar conosco!

    Valeu!

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiano, desde que as hqs sejam boas e que tenham as verdadeiras características dos personagens, não importo se falta alguma. Até pq a Turma da Mônica tem infinitas hqs boas até os anos 90 q não caberiam em uma única edição.

      Dessa edição gosto muito do número de páginas (260 no total), aí dá para explorar bem, tanto as curiosidades e maior número de hqs.

      Legal q vc gostou. Abraços

      Excluir
  4. Excelente matéria sobre esta edição, Marcos!!
    Tinha ela mas acabei perdendo há algum tempo atrás... :(

    A seção das ilustrações por artistas convidados realmente é excepcional, não me lembrava dela (acho que na época era muito criança para entender hahaha)... Sem dúvida uma inspiração para o MSP 50 sim!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alphs, é uma edição excelente sim. Quem sabe vc encontre vendendo em algum lugar. Sobre as ilustrações foi a partir delas q tiveram ideia para o MSP50 e outros do gênero.

      Excluir
  5. Adorei a postagem! Queria mto ler a HQ inédita... bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom q vc gostou Natalia... pena q a hq inédita não encontra disponível na internet, quem sabe colocam qualquer dia desses. Bjs

      Excluir
  6. Bem completa essa edição não é? Comparando aos especiais 50 anos que saíram recentemente, essa edição dá de 10X0. Muito legal mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Heri nem tem comparação... nem espero grande coisa da Mônica 50 Anos q vão lançar. Vai ser outra decepção rsrs

      Excluir
  7. Que saudade dessa edição! Eu tinha, mas emprestei... e até agora não a recebi de volta. Pena, rs rs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita pena mesmo Cássio. Já sabe né, não pode emprestar gibis para os outros, principalmente os de valor. Quem sabe vc consiga outra em algum sebo ou na internet.

      Excluir
  8. Marcos, a HQ "A Unhuda" foi publicada no gibi 'Mônica #81', da Ed. Abril, 1977.

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho esse, na minha opinião foi o melhor especial da Mônica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, foi o melhor sim. As curiosidades foram excelentes.

      Excluir
  10. Realmente, Marcos, Mônica 30 Anos foi sem dúvida, o melhor especial da Mônica. Adorei o livro, só tem histórias clássicas, uma melhor de que a outra.

    E quem me dera eu ter esse especial, já que não tenho ele, nem mesmo a versão original de 1993, que é bem melhor de que a versão de 2004.

    A HQ inédita Mônica 30 Anos também é "felomenal", em que o Cebolinha do futuro impede que ele seja apaixonado pela Mônica. Eu mesmo já li a história e achei demais. Sabe como? Eu baixei o especial da Internet pra ler, enquanto eu não o tenho! CARACA!!!!!!!

    E na primeira página das curiosidades, me diga uma coisa: O Maurício é parecido com o Seu Sousa, pai da Mônica, não é? Ou seja, acho mais que é o Seu Sousa do que o Maurício.

    Então é isso, Mônica 30 Anos é sem dúvida um especial que merece ter na coleção de gibis da Turma. E antes que me esqueça, me deseja boa sorte pra eu procurar essa edição especial, e eu te desejo muita sorte pra procurar Mônica 35 Anos (1998), pra depois você falar desse aqui no Blog. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antigamente eles desenhavam o Mauricio bem parecido com o Seu Sousa... depois isso foi mudado. Boa sorte na procura desse livro e obrigado pelo desejo da Monica 35 Anos. Se eu encontrar, falo dela aqui no blog.

      Excluir
  11. Você deveria falar de todos os gibis que tem e colocar as histórias completas deles nesse site

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De vez em quando coloco histórias aqui, a maioria das vezes completas. Dá pra conferir no marcador "Histórias".

      Excluir
  12. Eu lembro que tive essa quando era menor, fiquei mó chateado quando perdi... Ainda mais depois que a edição de 35 anos não foi bem a mesma coisa. Não tive a de 40 anos, mas depois li pela Internet e não gostei - em especial daquela história do Emerson Abreu que no final, onde é contada uma origem extremamente "dorgada" da Mônica, que não passava de um plano do Cebolinha feito simplesmente pra desmoralizá-la (não sei pra quem, afinal só apareciam eles por quase toda a história - aliás, se não fosse tão descarado, eu diria que foi feita por um roteirista que odeia a Mônica).
    Enfim, essa de 30 anos ainda é a edição de aniversário da Mônica definitiva, mesmo depois de duas décadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa foi um especial digno para a Mônica, os outros dela ficaram mais a desejar. Esse 30 Anos vale a pena ter.

      Excluir