sábado, 9 de janeiro de 2016

HQ: "Cascão no Aquário"

Compartilho uma história de quando o Cascão ficou com a cabeça entalada em um aquário e o sufoco que passou para tirar. Com 8 páginas no total, foi a história de abertura de 'Cascão nº 74' (Ed. Abril, 1985).

Capa de 'Cascão Nº 74' (Ed. Abril, 1985)

Começa o Cebolinha correndo com um aquário vazio na mão para levar para Mônica e o Cascão correndo de uma nuvem de chuva quando os dois se esbarram na esquina. No choque, o aquário vai para cima e quando volta cai na cabeça do Cascão e ele fica com cabeça entalada. 


Cebolinha reclama se quer usar chapéu que compre um e manda o Cascão tirar logo o aquário da cabeça. Cascão vai tentando tirar e só faz ruídos já que não consegue falar com o aquário na cabeça. Cebolinha o manda parar de resmungar e tirar o aquário. Cascão vai em direção a um poste para quebrar, mas o Cebolinha não deixa.

Nessa hora, aparece Mônica com um peixe na mão, cobrando do Cebolinha se o aquário não vem porque o peixe Godofredo que ela pescou não vai durar muito tempo fora d'água. Cebolinha fala que o aquário está entalado na cabeça do Cascão. Mônica fica furiosa, reclamando que por causa de um moleque cabeçudo o peixinho Godofredo vai ficar sofrendo. Fala, ainda, que o problema é que tem muito cascão na cara dele e por isso ficou entalado e que uma boa lavada na cara vai resolver.


Cascão fica desesperado e tenta sair correndo e balança as mãos, que faz com que a Mônica jogue o peixe na ladeira e vai parar dentro do ralo do esgoto. Mônica fica uma fera e diz que agora vai tirar o aquário na marra, enquanto o Cebolinha tenta pescar o Cascão, que estava querendo fugir. Mônica pega a vara de pescar da mão do Cebolinha e tenta pescar o Cascão, mas com a sua força exagerada, ele cai bem em cima deles. Então, Cascão foge, mas Mônica diz que vai atrás dele, aonde for e quando cometer um erro, ela o pegará.


Enquanto o Cascão corre, o narrador-observador comenta que o Cascão se tornou um fugitivo, um homem caçado sem piedade, que não terá paz nem sossego na vida e que tem que provar sua inocência para o mundo. Cascão, irritado com tanto falatório, tira o aquário da cabeça e interrompe o narrador, falando que ele está exagerando, que está só estando fugindo da Mônica e não precisa virar trama policial. Cascão põe o aquário de volta na cabeça para continuar a história e o narrador pede desculpa pela falha.


Cascão continua correndo da Mônica, até que fica  em frente a um cano de água do esgoto. Fica, assim, sem saída, com a Mônica de um lado e o cano do outro. Mônica e Cebolinha estão com um balde d'água na mão, mas Mônica resolve colocar só um conta gotas no aquário. A água vai deslizando pelo aquário, Cascão se desespera cada vez mais com a possibilidade da gota atingir o seu corpo. Quando a gota está prestes a atingi-lo, Cascão tira o aquário com o desespero, bem no exato momento que o peixe Godofredo estava saindo pelo cano do esgoto e vai parar dentro do aquário.


No final, Mônica fica contente de ter recuperado o Godofredo enquanto o Cebolinha diz que o Cascão tem muita sorte e não sabe como consegue isso. Cascão também fica feliz porque não vai mais apanhar da Mônica e dá um pulo comemorando que nasceu com um bumbum virado para a Lua. Só que com o pulo, acaba deixando cair o aquário, que quebra, e o Godofredo vai parar na correnteza. Mônica e Cebolinha correm para bater nele e enquanto o Cascão foge, ele se pergunta quem foi que desvirou o bumbum dele.


Essa história é muito boa e divertida, mesmo curta é muito movimentada do início ao fim, coisa bem característica na época. Como um simples aquário entalado na cabeça pode render uma história tão legal.

Bem interessante a parte do Cascão discutindo com o narrador e acaba tirando o aquário só para brigar com ele. Já estava resolvido o problema, provou que ele podia tirar o aquário a qualquer momento, mas colocou de novo para prosseguir a história e o incidente foi tratado como falha-técnica. Muito bom. Eu gostava dos personagens discutindo com o narrador, achava engraçado. 


Os traços muito bons, já com o estilo que ficaria consagrado por muitos anos. Na postagem a coloquei completa. Legal nela também o Cascão dizer que nasceu com o bumbum virado para a Lua, que quer dizer que tem muita sorte. Realmente, ele tem sorte mesmo para escapar do banho em situações que eram dadas como certo de se molhar. Aliás, era comum os personagens dizerem que nasceu com o bumbum virado para a Lua, o Chico Bento mesmo já teve histórias falando essa expressão. E normalmente quando falavam isso, se davam mal no final. como foi nessa.


Essa história foi republicada no 'Almanaque do Cascão Nº 32' (Ed. Globo, 1995), que foi onde eu a li pela primeira vez e de onde tirei as imagens da postagem. Abaixo, a capa desse almanaque:

Capa de 'Almanaque do Cascão Nº 32' (Ed. Globo, 1995)

21 comentários:

  1. Boa...essa nunca tinha visto antes!! :D

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a história. Engraçado demais o cascão desenhado com o aquario na cabeça e também a parte em que ele interage com o narrador. Essas sacadas hoje em dia já não aparecem mais nas revistas... uma pena, pois aacho uma piada muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele interagindo com o narrador foi demais. Esses detalhes q faziam a diferença.

      Excluir
  3. Eu tenho o Almanaque com essa história! Bem que eu desconfiava que ela era da Editora Abril, por causa dos traços! Aprendi com você a reparar melhor
    !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa nem diria pelos traços pq os primeiros números da Globo tbm tinham esses traços. Eu identificava q era da Editora Abril pelas cores. As hqs da própria Globo eles colocavam cores bem próximas das originais e as hqs da Ed. Abril eles recoloriam com as cores atuais até então. Era assim q eu identificava mais.

      Excluir
    2. Muito show! Quando for na loja do sebo, vou procurar mais almanaques só pelas histórias antigas!

      Excluir
    3. Bom. Investe nos dos almanaques até dos anos 90 que tinham hqs da Abril neles.

      Excluir
  4. Oi, Marcos! Tudo bem?
    Gosto muito do seu blog, sempre entro pra ver o que vc está postando!
    Gostaria de saber se vc aceita parceria com o meu blog sobre Turma da Mônica: http://hqrenan.blogspot.com.br/
    Esta é a página do Facebook: facebook.com/BlogdoRenan
    Abraço!
    Renan Paixão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah legal q vc gosta do blog. Valeu mesmo. Coloquei o seu blog aqui no Favoritos no canto direito.

      Excluir
    2. Obrigado! Também coloquei o seu na lista de parceiros! Abraço! :)

      Excluir
    3. De nada. E valeu por colocar no seu. Abraço

      Excluir
  5. Oi, Marcos! Engraçado que me lembro de uma HQ onde tinha um desses aquários circulares. Se minha mente não me pregou nenhuma peça, era numa das revistas da Abril, já nos últimos anos. E era do Cascão. Lembro que às vezes eles colocavam um azul no fundo, no céu, quase branco.
    Essa postagem me fez ter uma vaga lembrança dela. Ou será essa e eu estou confundindo? Agora não sei....
    Boa semana! Um forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora eu Vi o logo da editora. E é essa HQ mesmo, pelo jeito..... Achei que fosse da Globo. Minha vista me pregando peças....

      Excluir
    2. kkkk... não lembro de outra hq com aquário agora, embora volta e meia tinha hqs com aquários... eles sempre desenhavam aquários circulares na época, assim desse jeito.

      Boa semana pra vc. Abraço

      Excluir
  6. Olá Marcos! Queria pedir a história Músculos que está no cebolinha 97 da Globo... eu até tenho o gibi mas me faltam essas páginas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho, quando der envio pra vc. Aí manda o seu e-mail pra q eu possa enviar.

      Excluir
  7. Obrigado pela resposta rápida. Taí meu e-mail: gibidigital@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu. Quando der te mando e-mail com essa história.

      Excluir