segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Capa da Semana: Mônica Nº 165

Mostro uma capa muito caprichada, em que a Mônica ao tentar matar a barata com chinelo, consegue arrebentar a parede do seu quarto. Engraçado que a barata não morre e ainda fica rindo do estrago que ela fez. Os traços ficaram excelentes.

Apesar de que por um lado mostra a Mônica fortona que a gente conhece, por outro, ela matar barata foge um pouco da sua característica, já que pelo certo, ela sempre morreu de medo de insetos. 

A capa dessa semana é de 'Mônica Nº 165' (Ed. Abril, Janeiro/ 1984).


27 comentários:

  1. Só faltou estar escrito: Em um universo paralelo... haha

    ResponderExcluir
  2. Rsrs... são os absurdos bons das histórias em quadrinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, deve haver coerência na mitologia apresentada, a qual difere de nossa realidade, mas não entrarei nesse mérito em relação à capa...

      Excluir
    2. Pode falar o q foge da nossa realidade. Fiquei curioso.

      Excluir
    3. Não, eu quis dizer que o universo da turminha não é o mesmo que o nosso, é um universo de fantasia, mas, como você escreveu, é incoerente na capa, já que a Mônica morre de medo desses insetos. Desculpe pela confusão. haha

      Excluir
    4. Eu poderia resumir o "foge de nossa realidade" em "absurdos". Não que seja ruim, apenas que se a Mônica possui aversão à insetos, não deveria tentar matá-los. Insetos sempre impedem que ela use a superforça, por qualquer motivo.

      Excluir
    5. Pois é, ficou estranho a Mônica não ficar com medo da barata. parece q resolveram destacar a força dela e o absurdo de arrebentar a parede. Mesmo assim é uma capa legal.

      Excluir
  3. Uma capa até bem caprichada pra época Colcha detalhada, cortinas idem. O lance da barata rindo e os pais da Mônica do outro lado. E nessa fase já tinham as seções do Horoscópos, os contos e a seção de cartas era outra!! Uma bela revista, sem dúvida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses detalhes é q faziam a diferença. Sim, nesse gibi tinham essas seções q vc falou, começaram desde q passou a ter 84 páginas. Muito boas.

      Excluir
  4. Essa capa é maravilhosa, uma vez você mostrou ela em outra postagem que não lembro sobre o que era, mas desde lá já tinha prestado atenção nela, alta criatividade e traços muito bonitos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu postei sim, na postagem de promoções de gibis da editora abril pra destacar o selo da cartela milionária. Mas quando fica na "capa da semana" dá um destaque maior né?

      Uma capa supercriativa. Perfeita.

      Excluir
  5. A capa é legal, mas essa piada da Mônica derrubar objetos (quase sempre paredes) quando tenta fazer algo simples foi extremamente utilizada (leia-se desgastada) em capas, histórias de uma pagina, tirinhas etc...Talvez seja a piada mais recorrente da Turma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito usada sim essa piada com a Mônica quebrando as coisas. Até pq essa é uma característica dela, a superforça e aí faziam esses absurdos. Eu gostava. Em contrapartida, nos gibis novos não fazem muito isso.

      Excluir
    2. Verdade...eu vi a tirinha de fim de Gibi da edição de Julho e tem uma piada dessa.Ela destrói um muro passando por ele de boa depois de ouvir o Cascão e Cebolinha falarem mal dela do outro.

      Mas tem pouco mesmo hoje em dia. Pena!

      Excluir
    3. É raro acontecer, mas pelo menos de vez em quando acontece, como essa q vc falou.

      Excluir
  6. Demais esse...pena que não se coloca essa força exagerada da Mônica nas capas hoje em dia...sorte vc ter essa edição..deve ser espetacular! Abçs, Xandro.

    https://www.facebook.com/xandrohq

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostava dessa força exagerada da Mônica. Pena mesmo não fazerem mais capas assim. Esse gibi é legal tbm, tem hqs muito boas.

      Excluir
  7. Que lindinha a Mônica nessa capa. Gosto desses traços.
    Marcos, tu consegue me deixar teu endereço de e-mail? Quero falar contigo sobre uns gibis. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Traços maravilhosos mesmo. Vou mandar meu e-mail sim.

      Excluir
  8. Os traços das hqs dessa época eram ótimos. Um dos meus preferidos.

    Inclusive nessa revista tem uma história em a Mônica quebra vidraças. Impublicável nos dias de hoje... hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk... completamente impublicável essa. Eu tbm adoro os traços das hqs dessa época.

      Excluir
    2. Muito! Ela chuta uma bola (veja só!) e quebra uma vidraça e o dono da casa pensa que foram os meninos que tavam procurando a bola que tavam jogando. A Mônica fica quieta, mas depois fica com remorso e assume que foi ela.

      No final, acho que ela quebra outra vidraça, mas com o coelhinho... hahahaha

      Excluir
  9. Pô, hein, Marcos? A força absurda da Mônica sempre nos rendeu ótimas e engraçadas histórias e piadas. Aliás, muito legal essa carinha da baratinha rindo da Mônica estragar a parede.

    O problema mesmo é que essa capa é totalmente incorreta pros dias de hoje. Acho que é incorreta, porque nos gibis atuais, a Mônica não destrói tudo com sua força como ela fazia antigamente. Me diz aí, você além de achar a capa engraçada, ela também é incorreta? Abraços!

    ResponderExcluir