quarta-feira, 23 de julho de 2014

O concurso do nome do Mingau


Em 1989 aconteceu o concurso "Ganhe um gatinho" para os leitores escolherem um nome para o gato da Magali, o novo personagem até então. Para comemorar os 25 anos do seu batizado, nessa postagem mostro todos os detalhes do concurso que deu muito o que falar na época. Até já havia falado um pouco na postagem sobre as "Promoções e Brindes dos Gibis da Editora Globo" e agora mostro detalhes como foi.

O Mingau foi criado em 1989, mas era apenas considerado o gato da Magali, sem ter nenhum nome. Por conta disso, a MSP criou a promoção "Ganhe um gatinho", em parceria com o "Gatil Black Magic" e com a ração de gatos "Gatsy", envolvendo histórias relacionadas e cupons para enviar para a MSP.

O pontapé inicial foi em 'Magali Nº 2' com uma história especial "Um nome para o meu gato", de 3 páginas. Nela, Magali chama o seu gato para ir na rua e se dá conta que ele não tem nome. O gato diz que tem porque todos os seus amigos o chamam de "Miau". Na hora, aparece a Mônica perguntando como vai o "Coiso" e a Magali fala que o gato dela é coiso nenhum e diz que ele não tem ainda e pede sugestão a Mônica, que sugere "Furungo" e depois "Botonho".

Trecho da HQ "Um nome para o meu gato"

Aparecem o Cascão e o Cebolinha, que sugere, primeiro, nomes como "Chaninho", "Mimi" e "Fifi". A Magali não gosta porque são nomes comuns e aí o Cebolinha dá ideia de nomes como "Robson", "Rubens", "Cesar", entre outros (nomes do pessoal do estúdio) e a Magali não aceita porque não quer nome de gente.

Cascão sugere colocar o nome como "Cebolinha" e ele diz que só não pede para colocar de "Cascão" porque é nome de porquinho. Aí, a Magali tem a ideia de fazer um concurso com os leitores escolherem o nome do gato dela e participar da festa de batizado do gatinho. A turminha gosta e todos correm para enviar as sugestões deles. E o gato manda caprichar, terminando assim.

Na página seguinte, vinha o cupom para os leitores enviarem seus dados e a sugestão do nome do gato, devendo ser enviado até o dia 30 de maio de 1989. Como prêmio, o melhor nome sugerido, além de participar de uma festa de batizado realizada no Playcenter de São Paulo, seria sorteado a um leitor um gato persa de verdade, dado pelo "Gatil Black Magic", dentre todos que escolheram o nome vencedor. Esse mesmo cupom apareceu também em 'Magali Nº 3'.

Cupom do concurso, tirada de 'Magali Nº 3'

Tanto na edição de 'Magali Nº 2' quanto na 'Nº 3', apareciam na capa uma faixa informando que naquela edição tinha a promoção "Ganhe um gatinho". E para o pessoal que ainda não sabia e ficar ciente do concurso, apareceram propagandas nos gibis dos outros personagens. Tiveram propagandas com ilustração da capa da 'Nº 2' e outra da 'Nº 3' com o mesmo texto, só mudando a capa. Abaixo, mostro a que foi estampada com a de capa de 'Nº 3':

Propaganda tirada de 'Cascão Nº 59' (Ed. Globo, 1989)

Por conta disso, Mingau continuou sem nome nas suas histórias dos gibis da 'Magali Nº 3' e 'Nº 5'. Na 'Magali Nº 3' a sua história foi a "Banho de gato", já falada aqui, que, inclusive, em várias páginas apareciam propagandas nas laterais da ração "Gatsy". 

E em 'Magali Nº 5', o concurso continua divulgado na história "Procurando amizades", em que ele conhece o Bidu, Floquinho e Duque, dando dor-de-cabeça para os cachorros. O título aparece com a ótima sacada "O gato da Magali (ainda sem nome)" e no início o narrador o apresenta e fala que os leitores ainda estão escolhendo um nome para ele, como "Coiso", "Balonfo", "Saviano", etc, e ele, brabo, espera que os leitores tenham melhor gosto que esses. 

Trecho da HQ "Fazendo amizades"

Vale lembrar que em 'Magali Nº 4' ele não apareceu, mas, curiosamente, ele teve uma história muda de 3 páginas, ainda com crédito "O Gato da Magali" no título, em 'Cebolinha Nº 31', de julho de 1989. Era raro ter histórias do Mingau, sem ser em gibis da Magali. Provavelmente colocaram para divulgação do personagem.

O resultado do concurso saiu no gibi da 'Magali nº 6', de julho de 1989, e mostraram essa propaganda anunciando a novidade nos gibis que circularam naquele mês:

Propaganda tirada de 'Almanaque da Mônica Nº 13' (Ed. Globo, 1989)

Foi publicada nessa edição da Magali uma história especial de abertura "Enfim, um nome!". Na trama, Magali chama o gato para divulgar o seu nome na frente do Mauricio de Sousa e seus amigos. Ele adorou porque aguardava ansiosamente pelo resultado. Todos estão reunidos e quando a Magali vai falar o nome, surge um raio que a deixa muda. O gato se desespera e avança na Mônica para revelar o nome escolhido. Quando ela vai anunciar, fica muda também com o raio.

Trecho da HQ "Enfim, um nome!"

O mesmo acontece com o Cebolinha, o Cascão e até com o Mauricio. O gato fica desesperado com a situação, até que surge o Capitão Feio que foi o responsável por enviar os raios  para que não divulgassem o nome escolhido. É que ele havia enviado a carta com a sugestão, mas o nome que ele sugeriu não foi o escolhido e, para se vingar, ele determinou que o nome vai ser o que ele quer.

Trecho da HQ "Enfim, um nome!"

Quando o Capitão Feio anuncia que seria "Cafifonho", o gato fica furioso e avança no Capitão Feio, que consegue controlar a ira do gato, e aí começa a espirrar do nada enquanto o segura. Um monstrinho de sujeira aparece e revela que ele é alérgico a gatos, acabando, então com os seus planos. No final, ele faz a turma falar novamente e vai embora. E finalmente a Magali revela o nome escolhido pelos leitores: "Mingau". Ele adora e fica todo orgulhoso que todos estão chamando assim a partir de agora.

Trecho da HQ "Enfim, um nome!"

Achei uma ótima sacada envolver o Capitão Feio na história, já que ele não aparece muito nas histórias solo da Magali. Nos últimos tempos, é mais comum aparecer mais em histórias do Cascão e da Mônica. Da Magali é raríssimo acontecer. 

Além da história, nesse mesmo gibi, apareceu um texto agradecendo todos os leitores que enviaram cartas e a relação dos nomes dos 65 leitores contemplados que escolheram o nome "Mingau" que participariam da festa de batizado e informando que durante a festa seria sorteado quem ganharia o gato persa do "Gatil Black Magic".

Resultado do concurso

Nesse gibi da 'Magali Nº 6', ele também apareceu em outra história com o Quinzinho cuidando dele, mas sem nome também. Provavelmente, foi criada antes do resultado do concurso. Até que em "Magali Nº 7' finalmente teve a primeira história solo, "Monstros" com o nome do Mingau no título. Nela, tudo com que ele brinca pensa que está lidando com monstros.

Trecho da HQ "Monstros"

Nos gibis de dezembro de 1989, aparecia uma propaganda divulgando a ganhadora do gato persa, que foi a leitora Janaína Graciana da Silva, e falando que a festa do batismo foi um sucesso e agradecendo mais uma vez os 20 mil leitores que enviarem cartas sugerindo nomes.

Propaganda tirada de 'Almanaque da Magali Nº 1' (Ed. Globo, 1989)

Sem dúvida, uma boa sacada da MSP criarem esse concurso. Muito marcante. Foi um belo trabalho de marketing de interatividade que estimula a criatividade das crianças para inventarem nome para o gatinho. O nome escolhido foi bem bolado, já que ele é branco que nem um mingau e tudo a ver com a gula da Magali. Muito bom relembrar. 

Termino com as capas das revistas com as histórias citadas na postagem.

Capas: 'Magali Nº 2', 'Magali Nº 3', 'Magali Nº 5','Cebolinha Nº 31',  'Magali Nº 6' e 'Magali Nº 7'.

21 comentários:

  1. Muito legal! Eu só cheguei a ler uma dessas histórias, a "Fazendo amizades!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Fazendo amizades" é muito boa, eu adorava quando o Mingau passeava na rua, contracenando com outros gatos e bichos.

      Excluir
  2. Legal! Estou tentando adquirir a CHTM #2 pra ler essa HQ da Magali ("Um nome para o meu gato").

    A propósito, saiu a capa da 5ª Graphic MSP, do Bidu - Caminhos: http://espacomauriciodesousa.blogspot.com.br/2014/07/graphic-msp-5-bidu-caminhos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai se arrepender quando ler a CHTM 2. Não só por esse gibi da Magali, os outros tbm são muito bons.

      Capa bonita da Graphic MSP.

      Excluir
  3. Respostas
    1. É, esses gibis já foram reeditados na Coleção Histórica, aí é outra opção de encontrar essas hqs.

      Excluir
    2. o que é CHTM? ouço falar disso muito kkkkkk
      e parabéns pelo blog, realmente ele é ótimo

      Excluir
    3. kkk... CHTM é um código de "Coleção Histórica Turma da Mônica", uma coleção de reedições de gibis antigos. Na hora de preguiça de escrever, a gente coloca CHTM rsrs.

      Obrigado poir estar gostando do blog. :D

      Excluir
  4. O melhor de tudo foram os nomes que queriam dar hauhauhaua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade... muito engraçado. Furungo, Botonho, Balonfo, kkkk. Eu gostava do Coiso kkkk.

      Excluir
  5. Ótimo relembrar. Já fiz uma postagem beeeem resumida no meu blog sobre o concurso, mas ainda não catei o gibi que mostra a menina que ganhou um gatinho, hehehe!
    Parabéns, Marcos, postagem super completa :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda, q bom q gostou. Eu lembro quando vc postou, colocou até mais imagens da história do gibi da Magali nº 2. Os gibis q a menina apareceu foram nessa propaganda q mostrei por volta de novembro e dezembro de 1989. O Almanaque da Magali nº 1 foi um deles.

      Excluir
  6. Bem legal, pena que eu não participei :(
    kkkkkkkkkkkkk
    bjim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm não participei, não mandei nenhuma carta. Mas acompanhei pelos gibis. Muito bom o concurso. Bjs

      Excluir
  7. Estou tentando adquirir as CHTMs que não tenho, que são: #2, #4, #5, #8, #9, #11, #13, #14, #15 e #19. Quais eu deveria comprar primeiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre acho q as mais antigas têm q comprar primeiro pq são mais dificeis de encontrar. De qualquer forma, compre o q encontrar primeiro,

      Excluir
    2. Será que nunca vão relançar os primeiros números? Pq a 1, 2 e 3 são dificílimas de achar, e quem tem passa mão no preço.

      Excluir
    3. aqui na Saraiva de Uberlândia acho que tem uns números mais antigos. Se não me falha a memória, vi o número 3 lá. Dá uma ligadinha (34) 3210-1068. Acho que se pedir eles enviam por correio. Ou vc vê se tem no site pra comprar. Espero ter ajudado. bj

      Excluir
    4. Vou ver lá então. Muito obrigado, viu! :)

      Excluir
  8. Marcos, esse concurso foi mesmo um show de bola! Que pena que eu não tinha nascido em 1989, por isso não participei. Mas se eu fosse criança na época, eu participaria com certeza e mandaria minha cartinha na hora.

    Aliás, se o assunto for a tal dessa festa no Playcenter (ele era de SP, mas eu sou do RJ), só faltaria eu dar um mortal duplo de costas de tanta emoção que eu estaria.

    Claro que eu batizaria o Mingau de Mingau mesmo, mas até que Coiso era melhor que essas paradas de Furungo, Botonho, Balonfo... Que raio de nomes são esses??!!

    E vendo os comentários, vi que até você não participou do concurso, nem mandou cartinha. Então, me diz aí: Será que você aceitaria participar desse concurso além de mim?

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu não participei, mas gostaria de ter participado. Esses nomes foram engraçados, se não fosse Mingau, Coiso seria bacana rsrs.

      Excluir