segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Penadinho: HQ "O Fantasma Vivo"

Penadinho e sua turma sempre renderam ótimas histórias mostrando o cotidiano dos fantasmas no cemitério. Essa que eu mostro não foge disso e é muito legal. Foi publicada em Cascão nº 91 (Ed. Globo, 1990).

Capa de 'Cascão nº 91' (Ed. Globo, 1990)

Com 5 páginas, a história começa com o Penadinho e o Muminho encontrando um fantasma deitado no cemitério que tinha acabado de falecer. Então, eles resolvem sacaneá-lo e pintam  um cabelo, uma calça e uma gravata para quando ele acordar pensar que está vivo. 


Ao acordar, o fantasma pensa realmente que está vivo e não sabe como foi parar no cemitério. Então, ele vai à rua e as pessoas começam a se assustar com a alma vagando. Ele encontra o seu cachorro Rex, que desmaia ao ver o dono como fantasma e depois foge com medo ao acordar.


O fantasma vai até a sua antiga casa e ao se aproximar já vê um movimento por lá, pensando que estavam dando uma festa. Na verdade, era o seu próprio velório e todos da sua família ficam assustados e desmaiam ao verem a assombração. Ele, então, vê o seu corpo dentro do caixão e só aí descobre que havia morrido, principalmente quando ele atravessa o corpo da sua mulher.


Ele volta ao cemitério inconformado, já que ele ainda se sentia vivo, e de repente cai uma chuva, que faz com que a tinta saia. Com isso, descobre que aprontaram com ele e vai procurar quem foi. Aí vê o Penadinho e o Muminho rindo ainda, descobre que foram eles que pintaram e como castigo faz a mesma coisa com eles, pintando eles de mulher, terminando assim a história.


É bem simples e boa assim mesmo. Com traços ótimos, mostra as zoeiras dos fantasmas no cemitério. Diversão pura deles. E ainda receberam castigo no final.


Interessante mostrar o corpo do cara dentro do caixão, algo inadmissível e impublicável nos gibis atuais. Com certeza, o ponto forte da história. Para mim isso é nada de mais, porém o fato pode traumatizar muita gente e eles não colocam mais cenas assim. Na postagem, coloquei a história completa.

25 comentários:

  1. Eu também gosto muito dessas HQs do Penadinho! E o assunto sempre volta a ser o mesmo quando falamos das histórias legais de antigamente: a falta que faz o politicamente incorreto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Heri... hj não tem mais nem sombra do q era antes. Essa hq é bem legal, sim.

      Excluir
  2. Dá pra notar uma diferença nos traços....

    Sobre a história, quem bolou quis - na certa - arrumar um jeito simples de mostrar como alguns espíritos descobrem que já não estão vivos. Pois no livro dos espíritos há uma descrição pós-morte igualzinha a essa, só que no gibi - é claro! - resolveram fazer de um modo que não ficasse tão pesado assim.

    Interessante ver uma história dessas.

    Valeu por compartilhar!

    Abraços.

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiano, eles sempre tratavam as hqs do Penadinho de uma forma leve e engraçada, q possa agradar a todos. E, indiretamente, dar seus recados. Mesmo q a temática fosse pesada.

      Os traços dessa hq são ótimos, sim. Abraços

      Excluir
  3. Meu deus! O pessoal da turma do Penadinho praticando bullying com um novato? Isso não pode mais....

    E, como vc disse, nem um caixão pode aparecer, embora seja o nosso inexorável destino. Ao menos, claro, a maioria é sepultada em caixões. Babaquices do MPS cada vez mais ridículo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kleiton, acho q hj não tem nem hqs com almas recém-chegadas, ainda mais praticando bullying. Muito fraca a MSP atualmente.

      Excluir
    2. Há um monte de alma penada, vazia.... talvez trabalhando no MSP... Ah, lástima!

      Excluir
    3. KKK... verdade Kleiton, é a realidade, infelizmente.

      Excluir
  4. Não conhecia essa história! Muito legal! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natália, tbm acho muito boa. Tudo objetivo, sem enrolação. Assim q gosto.

      Excluir
  5. Penadinho e Bidu são dois núcleos que precisam de atenção urgentemente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os núcleos precisam melhorar muito, essa é a verdade.

      Excluir
  6. Marcos, eu tinha esse gibi (ou tenho, nem sei... é que perdi alguns)... bah, que tri tu trazer essa historinha aqui pra gente relembrar *-*

    ResponderExcluir
  7. Aliás... eu ainda tô criando coragem pra ler teu post sobre a entrada da Cláudia Leite no gibi... é muito difícil engolir essa, sabe...kkkkkkkkkkkkkk. Vou fazer uma reza antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Ainda errei o nome da madame... Claudia Leitte.

      Excluir
    3. Nanda, capaz de vc ter ainda esse gibi, tomara q sim... o gibi é todo bom. Essa hq do Penadinho é ótima mesmo. Legal q vc gostou.

      Quanto a hq da claudia leitte na revista da Mônica é constrangedora, péssima. No post tá mais detalhada a situação q se encontra a MSP atual. De tão ridículo, chega a ser engraçado... quando tomar coragem, comenta lá o q achou rs.

      É verdade, agora a grafia mudou pra "Leitte", provavelmente por causa de numerologia... rsrs

      Excluir
  8. Nossa... eu me lembro dessa história. Muito legal ela, e realmente: ficar sempre no politicamente correto, e ter medo de fazer as coisas pra não 'traumatizar as crianças' faz com que muitas boas histórias não sejam escritas/publicadas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O politicamente correto estraga as hqs, sem dúvida. Essa aí é muito boa. Legal q vc lembra dela.

      Excluir
  9. Marcos, eu tava aqui vendo essa história acima e relembrando as antigas HQs do Humberto, essa HQ do Penadinho com certeza é impublicável, porque como Penadinho e Muminho pintam o fantasma e sacaneam ele, não deixa de ser bullying, não é mesmo? E histórias de personagens zoando os outros de bullying é proibido nos dias atuais, né? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, tbm acho q nao seria republicada hj por causa disso. Bullying é proibido... Abraços

      Excluir
    2. Ah, Marcos, esqueci de falar que essa HQ já foi republicada sim. De acordo com o Guia dos Quadrinhos, foi no Almanaque da Magali # 25, de 2000. Só não tenho certeza, porque eu não tenho esse almanaque.

      Mas por algum motivo bizarro, ela foi republicada de novo no Almanaque Turma do Penadinho # 12, de 2012, mas achei que nunca seria republicada de novo. Bom, pelo menos, eu só espero que nessa re-republicação da Panini não tenha alterações.

      Então é isso, espero que essa HQ acima não seja mais republicada de novo, só nesses dois almanaques, porque gente morta e bullying agora estão proibidos. Abraços!

      Excluir
    3. Nem acho tão bizarro, pq muitas republicações dos almanaques da Panin se tratam de re-republicações. Desde q não alterem nada, são bem vindas. Abraços

      Excluir
    4. Se bulling é proibido, acaba logo de vez com o cebolinha xingando a mônica! Lamentável.

      Excluir
    5. Não dá pra entender mesmo. Se bem que eles evitam ao máximo histórias do cebolinha xingando a Mônica.

      Excluir