sábado, 19 de outubro de 2013

Claudia Leitte vira personagem em Mônica nº 82


Nas bancas, Mônica nº 82, mais uma edição especial, dessa vez com estreia de personagem. Se já não bastassem, Pelé, Ronaldinho Gaúcho e Neymar, agora Claudia Leitte é a nova celebridade a virar personagem dos quadrinhos da MSP.

Já haviam informado que ela viraria personagem no início do ano e agora se concretizou. Quando a gente pensa que já viu de tudo, aparece coisa pior. Transformar uma cantora de axé em personagem para incentivar ainda mais as crianças a ouvirem música de péssima qualidade, é demais. 

Tudo bem que a turma sempre foi antenada com as músicas e artistas da atualidade. E como atualmente a música nacional está um lixo, não podia se esperar grande coisa ao escolher uma cantora para virar personagem. Claudia Leitte é muito sem graça, por sinal, e suas músicas piores ainda. Se a intenção do estúdio seria criar uma personagem-cantora, não precisaria ser baseada em uma celebridade real. Podia muito bem, criar uma personagem nova criada pela MSP normalmente, sem vínculo a uma cantora famosa.

Segundo o site da Turma da Mônica, Claudinha, a nova personagem, vai incentivar as crianças a realizarem seus sonhos e terá um núcleo de personagens. Com isso, toda a família da Claudia Leitte virou personagens. Claudinha contracenará com sua mãe, Dona Il, seu pai, seu Cal, seu irmão Juninho, sua cachorra Xista, sua avó Nicuza, sua babá Leinidia. Até o marido da Claudia Leitte na vida real virou personagem e será Marcinho, um amiguinho por quem ela é apaixonada. Mais detalhes sobre os personagens do núcleo da Claudinha, clique aqui

Então, essa história de estreia, mostra que Claudinha e sua família moram em Salvador e resolvem se mudar para o bairro das Laranjinhas, um bairro vizinho do Limoeiro, onde a turminha mora. Chegando lá, Claudinha (que já conhecia a Mônica porque conversavam no facebook), se encontra com a turma, achando o máximo morar perto deles. Só que quando Claudinha chama o Cebolinha de fofo e lindo, Mônica fica enciumada e as duas começam a se rivalizar e, por causa dele, resolvem fazer uma disputa de trio elétrico e quem cantasse melhor das duas seria a dona da rua. 

Tudo tratado de forma muito boba, sem nexo, com muita cantoria de axé (músicas da Claudia Leitte e de outras bandas e cantores de axé). Claudinha vive cantando a história toda, desde o início. Constrangedor. Só na primeira pagina da história a gente já vê como é ridículo. Nem o Anjinho está gostando disso. Pela cara dele, até ele achou um horror. 

Trecho da HQ "Estrelas do Limoeiro"

Sem contar os dialetos baianos, é o tempo todo falando "oxe!", "arerê", "arremaria", etc. E os traços tudo digitalizados, só piora a situação. Além disso, se não bastasse ver a Mônica apaixonada pelo Cebolinha na "Turma da Mônica Jovem", ainda vemos agora ela apaixonada explicitamente pelo Cebolinha também na turma clássica. E esse fato ser o alvo da briga entre ela e a Claudinha é péssimo. Uma coisa que, inclusive, já foi tratado como "Cena Impossível", agora se tornou realidade na turma clássica. Lamentável. 

Nos próximos meses quando tiverem histórias da Claudinha nos gibis, provavelmente serão histórias de miolo, e explorando as caracterísiticas da sua turma. Acredito que não contracenará muito coma Turma da Mônica porque moram em bairros diferentes, embora são bairros vizinhos. Não sei nem se seria melhor se fizessem gibi próprio dela em vez de incluir histórias nos gibis convencionais. Acho que se fosse um gibi próprio pelo menos compraria quem gostasse e os leitores que não gostam não precisariam esbarrar com histórias dela nos gibis.

Eu até podia ter deixado de comprar esse gibi, mesmo sabendo que seria ruim (embora não esperava que seria tanto asim), mas como é estreia de personagem fixo, não podia deixar de ter na coleção, até pela raridade. Bem ou mal, é uma edição especial. Tratei de comprar os gibis em que o Luca e a Dorinha estrearam na época (Mônica # 221 e # 222 - Ed. Globo, 2004 - respectivamente) e até mais recentemente o gibi de estreia de Tikara e Keika (Mônica # 18 - Ed. Panini, 2008). 

Falando em Luca, curiosamente, também foi inspirado em um cantor da vida real. Não são todos que sabem, mas foi inspirado no Hebert Vianna, dos Paralamas do Sucesso. Era para chamar, inclusive, de "Paralaminha", mas aí resolveram chamá-lo de "Da Roda", como era nas suas primeiras histórias. Como ficava meio pejorativo assim, aí um pouco depois mudaram para "Luca". E Dorinha, por sua vez, foi inspirada na filantropa cega Dorina Nowill. Então, dá para notar que o Maurício sempre quis que celebridades virassem personagens.

Trecho da HQ "Estrelas do Limoeiro"

Agora falando do resto do gibi da Mônica # 82, ele tem 12 histórias, incluindo a tirinha final e volta a ter as tradicionais 84 páginas (na edição # 81 tiveram 108 páginas para compensar a história de abertura que teve 48 páginas). Além dessa história constrangedora da Claudinha, as demais histórias também são todas com traços e letras de PC, nada feito a mão, simplesmente tudo parecendo carimbo. Para não dizer que o gibi é completamente assim, tem uma história de 1 página do Penadinho que não tem letras assim digitalizadas. Já o resto lamentavelmente é assim. 

Falando em Penadinho, tem outra história dele, só que muda e extremamente longa (com 8 páginas), toda com muita enrolação, como de costume atualmente. E também incluída com traços digitalizados, mesmo sendo muda. uma prova disso é que fica tão sem graça assim, que não tem a arte dos quadrinhos "assustados", feitos a mão, tão característicos nas histórias dele, colocando os quadros de forma retangular normal. 

Trecho da HQ "Tá empoeirado, hein?"

O gibi ainda tem outras histórias simples com a turma, além do Rolo e o Chico Bento. Já a história de encerramento é "As herdeiras do Barão de Cacareco", com uma dupla de "tiazinhas politicamente corretas", a Matilde e a Mafalda, que se mudam para o bairro e ficam controlando com binóculos e anotando tudo que as crianças fazem de errado, como as coelhadas, menina que come muito, menino que não toma banho, dentre outras, para enviar uma carta para o Maurício informando sobre tais atitudes erradas. Serve como um recado do estúdio às mães que sempre reclamam das histórias incorretas.

Trecho da HQ "As herdeiras do Barão de Cacareco"

Então, como já era de esperar, 'Mônica # 82' é um gibi fraco, só serve pelo valor histórico da estreia da Claudinha e para ter raridade na coleção, mesmo sendo um personagem ruim como essa. Quem deve gostar mesmo as crianças que gostam da Claudia Leitte. É triste a MSP cada vez mais descaracterizar a turma assim, criando personagens inspirados em celebridades superficiais que não acrescentam em nada.

Em relação aos outros gibis do mês não comprei nenhum, como sempre tudo normal para os padrões atuais da MSP, inclusive a do Cebolinha, que mais uma vez, como em todos os meses de outubro, é uma história de aniversário do Cebolinha na abertura. Ou seja, a mesmice de sempre. 

56 comentários:

  1. Se eles queriam fazer um personagem cantor, que usasse um que já existisse.
    Tipo, em vááárias HQs foi confirmado que a Magali canta muito bem. Ela, sei lá, poderia ser descoberta por algum empresário e a partir daí se tornaria uma cantora mirim ou sei lá. Seria mais épico, mas os gibis não seguem um tempo cronológico e quase nada é fixo: Quando algum fato aparece numa HQ, só fica restrito a essa HQ, sem ser um fato definitivo.
    Resumindo: Isso dificilmente vai acontecer, porque sempre que algum personagem fica famoso, volta a ser uma pessoa comum no final da história. Experiência de várias edições :T

    Mas podiam pegar um cantor melhorzinho, não? Daqui a pouco a Anitta vai aparecer e será o fundo do fundo do poço D:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa observação Ana...rsrs! :D

      Excluir
    2. Sim,Ana, quando os personagens viram famosos no final volta ao normal. por isso seria inviável algum deles se tornarem cantores. o ideal era inventar um personagem-cantor novo, sem ser baseado em celebridade real. Será q seria muito dificil bolar uma criatividade dessa?

      Eu tbm pensei nisso, colocarem Anitta como personagem fixa... seria muito pior, aí era para enterrar a MSP. Essa, não compraria nunca rsrs

      Excluir
    3. Anunciando a Tele Sena é pior ainda!

      Excluir
  2. Eu não li, mas achei genial fazer essa HQ das mulheres politicamente corretas.
    Quem sabe esse povo se toca, maldade está nos olhos de quem vê.
    E eu acho que o fato de o Cebolinha se ferrar sempre que vai "fazer bullying" com a Mônica já diz, subliminarmente, que fazer isso não é certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não...acabaram tirando a parte mais divertida das HQs da Mônica e Cebolinha...CLARO que também não apoio a bullying...mas isso já é alienação demais...os personagens do Mauricio de Sousa já nasceram assim...tiraram toda a graça dos personagens...então acabem logo com a Magali pela gula dela e o Cascão que tome logo o seu banho...pois assim vai vender muito gibi$$$! kkkk........só se essa sera a intenção destas duas personagens ou não entendi direito esse seu comentário Ana! :p

      Excluir
    2. É mais ou menos assim, se você ir a fundo e idealizar o Cebolinha como vilão.
      Mas fora isso, eu ainda acho que é apenas travessura, quem nunca conheceu uma pessoa super implicante?

      Excluir
    3. Cebolinha xingando a Mônica de baixinha, dentuça e gorducha e a desenhando nos muros é o básico do básico da TM. Zoeira de criança, não é para levar a sério. Tirar isso dos gibis é totalmente sem noção. Por isso as revistas estão bobas assim.

      Não sei se essas tiazinhas serão fixas nos gibis ou foi só nessa hq, até q foi a melhorzinha da edição.

      Excluir
    4. "Quem sabe esse povo se toca" = a própria MSP

      hahahaha

      Excluir
    5. KKK... tá muito ruim. Quem sabe, né? pq daí pra pior.

      Excluir
    6. Ouvi por aí que já existiam as tiazinhas politicamente corretas. Sobre essas personagens, acho que é uma autocrítica e espero que parem com essa alienação.

      Excluir
    7. No dia em que Cascao tomar banho, eu corto meus pulsos e viro a Demi Lovato...

      Excluir
    8. Também acho q é uma autocrítica. Ou pode ser uma resposta aos leitores q reclamas das cenas incorretas.

      Excluir
  3. Das do mês só gostei da HQ de abertura do Cebolinha..desenhada mesmo muito hilária achei..(confesso que adoro as caretas que fazem neste tipo de HQs desde sempre), nada de pc ou 'carimbo', a capa também legal...sendo assim com a do Cascão(ambas a Denise nas capas e HQs)...enfim a pior é a da Mônica mesmo...até que mês passado foi boazinha com aquela HQ da origem da força dela,rs...mais essa da Claudinha,aff...desenhos da HQ zero...igual essas ultimas HQs atualmente assim e pra completar as HQs da turma totalmente ruins pois com seus politicamente corretos aparecem essas duas personagem a Matilde e a Mafalda pra completar o reforçadamente de futuras HQs corretas! :(

    ResponderExcluir
  4. agora é oficial: Mauricio está esclerosado.

    eu fico com medo do futuro desse clássico brasileiro quando o Mauricio morrer :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que hoje em dia as revistas são feitas assim:
      A equipe escreve ideias e roteiros em papeis separados e entregam a pilha de papeis pro Mauricio, que joga tudo pro alto, pega uns papeis aleatórios e diz "Pronto, temos as HQs do próximo gibi da Mônica".

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkk
      eu, honestamente, não duvido de sua teoria

      Excluir
    3. kkkkk.... pior q fica parecendo q é isso mesmo, e só tiram a hq sorteada quando vê alguma imagem incorreta.

      Fica dificil de comprar alguma coisa deles, só as especiais e olhe lá.

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      eu ri gostoso aqui

      Excluir
    5. Imagina na Copa...
      Daqui a dois meses, iremos ver histórias da Claudinha vendendo acarajé e abará com muita pimenta.
      OPS!!! Que cabeça a minha! Crianças não podem mexer com o dendê quente, pq é perigoso e politicamente incorreto! Ela vai vender pizza de microondas e limonada, como todas as outras!

      Excluir
    6. Tá mais fácil ganhar 7 reais na Tele Sena.

      Excluir
    7. "Ela vai vender pizza de microondas e limonada, como todas as outras"

      Ela não faria isso pq crianças não podem trabalhar nas hqs atuais, ainda mais vendendo coisas na rua.

      Excluir
  5. Kkkkkkk...(brrr)nossa Sara você realmente agora tocou num ponto forte...nem quero imaginar a 'bagaça'! xD

    ResponderExcluir
  6. Marcos,

    eu não sabia da existência do bairro das Laranjinhas. Ou isso talvez tenha passado batido, em outras leituras.

    Até o marido dela entrou na publicação? PQP!!!!

    Sobre "não podia deixar de ter na coleção, até pela raridade".... olha, acho normal para vc, que é um grande colecionador da Turma. Mas essas porcarias do MSP não entram mais na minha casa.

    Ótima postagem.

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece q bairro das laranjinhas foi criado agora, tbm nao conhecia.

      Sim, é muito ruim, só comprei mesmo pq sou colecionador e gosto de ter edições especiais, pq senão passava longe.

      Valeu q gostou da postagem. Abraços

      Excluir
    2. Eu até comprei, mas fiz como a Denise: usei pra embrulhar o pão de lá de casa.
      Aliás, quantos bairros, hein? Tá parecendo horti-fruti: Bairro do Limoeiro, das Pitangueiras, Laranjinhas, Chucrute...

      Excluir
    3. E ainda tem a Vila Abobrinha do Chico rsrs...isso até q não critico, até q foi engraçado.

      Excluir
  7. Nossa colega corajoso em comprar esse gibi hein? Pois vi na banca e nem tive dúvidas em não comprar. Comprei a da Magali, doCebolinha e do Cascão pois pareciam historias boas, nem tive tempo de ler ainda.

    Acho que essa Claudinha não vinga não viu? Nesses últimos tempos entraram uns personagens que eu pelo menos nunca mais vi darem as caras como a Tikara e a Keika e o tal do Alfacinha. Mas vamos ver né?

    Só fico triste pelas letras digitalizadas em quase 100% do gibi,

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei apenas pela raridade, e já sabendo q não viria coisa boa. Tomara q Claudinha fique só nessa hq mesmo, mas acho q enquanto estiver contrato terão q lançar algo dela, nem q seja produtos com o nome dela.

      Alfacinha, Tikara e Keika não vingaram mesmo, só q o diferencial não eram baseados em nenhuma celebridade. E essas letras digitalizadas assim são péssimas mesmo.

      Abraços

      Excluir
    2. Pelo menos, na TMJ, Tikara e Keika aparecem bastante, mas é arroz de festa, fogo de palha, só pra preencher vazio...

      Excluir
  8. Nem tenho o que comentar, seria chover no molhado.

    Uma pena as coisas se encaminharem para esse rumo. Não sou contra a colocação de personagens inspirados em famosos desde que haja algo inteligente e criativo. Mas estão colocando esse "anões" no meio das crianças só por questão de visibilidade mesmo. Um horror!

    Se eu fosse o criador dessa personagem cantora, faria ela com idade próxima à Tina, para um núcleo da Tina, pois lá comportam jovens que de repente sonham com o estrelato e gostam de andarem bonitas e paquerarem por aí.

    Mauricio gagá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lamentável mesmo o rumo q está tomando. Vc até deu uma ideia boa, seria muito mais conveniente criarem um músico na turma da Tina, podia ser amigo do Rolo, já q volta e meia ele tocava violão nas hqs, ou tentava ser músico. Seria muito mais interessante.

      E q não fosse a Claudia Leitte ou nenhum famoso. Seria um personagem criados por ele,até já tiveram amigos do Rolo músicos, podia ressuscitar algum deles, e até daria um gás nas hqs deles, q tbm andam muito caídas...

      Excluir
  9. OI Marcos, realmente esta edição ficou fraca demais. Não consegui nem ler. Puxa, que pena a Turma da Mônica ter virado outra coisa. Descaracterizaram demais os personagens, hoje em dia, não são nem uma sombra do que eram. Será que tudo isso veio da super exposição da turminha ao longo dos anos? Como os personagens Disney conseguiram atravessar gerações sem se transformar em coisinhas fofas?
    Precisava fazer um estudo, uma tese que explicasse este comportamento da MSP. Nós, adultos fomos deixados de lado, nos tiraram da Turma da Mônica, fomos "convidados" a nos retirar para outros tipos de publicações. Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é paulo, as 2 primeiras páginas são simplesmente constrangedoras (alias a hq toda, mas o inicio é péssimo). Turma totalmente descaracterizada.

      Aconteceu mesmo pq o Maurício quer q eles deem só bons exemplos, como se nos erros não aprendesse lição de alguma coisa. vai entender....

      Antigamente eles agradavam pessoas de todas as idades, agora só criancinhas mesmo e olhe lá. Antes podia dizer q eram "gibis de humor" ; hj, faz jus ao termo "gibi infantil".Infelizmente evoluiram pra pior.

      Abraços

      Excluir
    2. Li a HQ do Cebolinha quando ele pediu pro Cascão varrer a garagem. Ele simplesmente disse: "Opa! Limpeza é comigo mesmo!". Oi? O que foi isso?

      Excluir
    3. Cascão disse isso? É a MSP no fundo do poço mesmo. Nas antigas, mesmo q não fosse mexer com água, Cascão não queria nada de limpeza, nem varrer casa.

      Excluir
  10. Esse é o tipo de coisa que me faz ter vontade de voltar pro útero...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Natália, é muito ruim. É o fundo do poço.

      Excluir
  11. Xi, Maurício está cavando a própria sepultura de sua obra... Descaracterizando os personagens, criando personagens bobos. Só falta a Claudia Leitte ganhar gibi próprio, isso seria o fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk... não duvidaria nada se acontecesse. Só seria bom isso pq a gente não precisaria esbarrar com hqs dela nos gibis, pq aí só seria publicada no gibi dela.

      Excluir
  12. A única coisa "boa" aí é que provavelmente esses personagens nem durem. Desde o Luca da Roda nenhum personagem novo da turma da Mônica central tem ficado. Ao menos pelo jeito ela não contracenará com a turma! Torcendo que esses personagens desnecessários sumam..

    Sobre a última história. Fiquei intrigado. O que essa história quis dizer...uma piada com a própria situação atual da MSP? Uma prévia do que a turma irá se tornar num futuro próximo? Uma resposta a leitores que reclamam do politicamente correto? Sinceramente não entendi o ponto onde a HQ quis chegar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, nem Dorinha tem aparecido nos gibis com hqs próprias nem contracenando com eles. Tomara q Claudinha fique no limbo do esquecimento eternamente, os fãs agradecem.

      Sobre a última hq, o q deu pra entender é q é uma resposta a leitores que reclamam das situações incorretas dos personagens. pessoas q reclamam das coelhadas da Mônica, do Cascão não tomar banho, da gula da Magali, etc.

      Excluir
  13. Realmente, a HQ ficou péssima. e também eu detesto essa onda de celebridades na turma. deviam ser só participações especiais e pronto, naum o exagero que fazem principalmente com os futebolistas (só se salva o pelezinho e raras edições do ronaldinho). Entretanto eu admiro e respeito a Claudia Leitte, tanto como pessoa como artista. Fora que a homenagem dela no carnaval pra turma foi linda.

    ResponderExcluir
  14. Celebridades virando personagens fixos já deu o q falar. Eu gostava quando apareciam os artistas em uma história, soava como forma de homenagem. Já tivemos Silvio Santos, Gugu, Tony Ramos, Tarcisio Meira, Fabio Junior, etc. E todos adultos, como eles mesmos.

    Agora no momento q colocaram celebridades como crianças, com núcleo próprio baseado na família da vida real, fica ridículo.

    O Pelezinho só salva pq as hqs tinham conteúdo, os personagens tinham caracterísiticas marcantes, já os outros, não dá. e se fizessem hqs novas com o Pelezinho seria tão fracas como as do Neymar.

    ResponderExcluir
  15. Que dor no coração ver a Turminha contracenando com esses tipos de personagens... ri alto das tuas perspicazes observações, acho que tu disse tudo que acaba passando pela nossa cabeça quando vemos algo assim... me entristece ainda mais o fato de isso ser um incentivo para que as crianças venham a ouvir as músicas ruins da Claudia Leitte (tudo bem, gosto é gosto, mas que saudade das referências à "Legião Rural" ou "Gunzenlouses")... sou muito extrema com minhas opiniões acerca de algumas coisas e definitivamente achei uma bela porcaria incluir esse povo do meio "artístico" nos gibis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "definitivamente achei uma bela porcaria incluir esse povo do meio "artístico" nos gibis."

      Nanda, tbm acho a mesma coisa. É tão ruim, q chega a ser engraçado. Aquela primeira página é ridícula, mas mesmo assim ainda ri não pq é engraçado, mas pela situação triste q se encontra a turminha atualmente. Rir pra não chorar. rsrs

      Excluir
  16. Assinei este mês as Revistinhas da Turma da Mônica, Almanaques e tb Turma da Mônica Jovem, essa eu só assinei pq ñ tem outra opção para vc assinar a Coleção Histórica.
    Começando a frequentar o Blog agora e vou frequentar sempre. Surpreso por ver tantas pessoas da minha ídade ou perto e que estão saturados de tantas Edições repetitivas e sem nexo.
    Vou começar a receber logo com essa Edição da Claudia Leitte?! Meu Pai.... Ninguém merece viu.
    Mudando de assunto... uma coisa que me incomoda profundamente é o exagero de alguns desenhistas fazendo caretas ridiculas tentando imitar oq? Os mangás?! Fiquei tão triste ao ver que para ser engraçado agora eles tem que pecar com esses biquinhos, bocarras e olhos estufados pra fora... coisa que não tem exatamente nada a ver com a Turminha que eu amei na minha infância. Sou à favor de Mudanças, desde que elas não acabem com a essência dos personagens.
    Várias Edições acontecem isso, não sei se mudou um pouco agora, já faz tempo que não compro. Mas um exemplo é a Edição do Cascão nº52 "Este Mundo é Real?" Logo na primeira pág vcs podem ver do que estou falando. Estou dando essa como exemplo porque é a que achei logo de cara aqui perto de mim, mas tem outras podres piores da Mônica entre outros.
    Espero que este Blog seja Lido por pessoas da MSP... para que eles vejam a grande porcaria que estão fazendo e tentem retomar enquanto é tempo ao que era bom.
    Um abraço para todos do Blog.

    ResponderExcluir
  17. Rafael, seja bem vindo ao blog, legal q tá gostando.

    Eu nunca gostei de assinatura, ainda mais q tem muita gente reclamando do serviço de assinatura deles. Sempre preferi comprar nas bancas, até mesmo quando eu colecionava. pelo jeito infelizmente vc vai receber essa revista com essa hq constrangedora da Claudinha....

    Sobre as caretas eu tbm não gosto, acho tudo forçado. gostava quando colocavam apenas língua pra fora. E tbm acho q já foi pior as caretas, diminuiram porque teve uma época q era um exagero, porém ainda tem.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Marcos.

      Eu só assinei pq onde eu moro é distante de Bancas onde vendem as revistas. Sempre fico perdendo Edições. Também pela comodidade de receber em casa. Fui informado que vou receber à partir deste mês de Novembro, então... por "glória" perdi essa Edição da "Claudinha".
      Mas sei que vai ter no meio sempre algumas Edições com Histórias para encher linguiças.

      Sou super fã das Revistas da Magali e fico louco de raiva quando vejo uma Edição onde na primeira História quem é o principal é o Mingau ou o Dudu que são chatos demais. O mesmo eles fazem com a Mônica, usando o Monicão. Enfim... tem esses erros que lamentamos... mas a paixão pela turminha é algo que vem de dentro. Quando criança raramente pudia ler um Gibi e hoje que tenho condições eu aceito "não calado" mas aceito por amor a esses personagens mágicos.

      Abraços para todos que curtem o Blog.

      Por ultimo: Você ou alguém sabe onde posso comprar Edições anteriores das Edições Históricas? Agradeço se alguém ajudar.

      Excluir
  18. Que bom que essa personagem nunca mais voltou!Por que transformar cantor de axé,que é um estilo musical muito ruim,em personagem?E essa descrição do site "Ela vai ajudar as crianças a realizar seus sonhos",sonho uma ova!Eu posso muito bem realizar meus sonhos sem nenhuma ajuda,ou lendo um livro de auto-ajuda ou algo assim.E só porque ela é da Bahia,ela fica falando isso?Pelo amor de Deus!Eu sou Cearense,e nem por isso fico falando/escrevendo isso!Espero que a MSP nunca mais ouse criar personagem baseado em gente famosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. Ainda bem que ficou só nessa ai. Lamentável eles terem essa ideia e que não façam mais.

      Excluir
  19. essas tias ai são oq representa o msp daqui a pouco do politicamente correto. Lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável mesmo. Pena chegar a esse ponto.

      Excluir